Topo

País de Gales conquista última vaga direta para a Euro; Bélgica mantém 100%

Jogadores de País de Gales comemoram classificação para a Eurocopa 2020 após vitória sobre a Hungria - Paul Ellis/AFP
Jogadores de País de Gales comemoram classificação para a Eurocopa 2020 após vitória sobre a Hungria Imagem: Paul Ellis/AFP

19/11/2019 20h26

Redação Central, 19 nov (EFE) — O País de Gales conseguiu a última vaga direta para a Eurocopa de 2020 ao vencer a Hungria por 2 a 0 nesta terça-feira, dia também marcado pela confirmação dos 100% de aproveitamento da Bélgica, que se igualou à Itália ao golear por 6 a 1 o Chipre.

A classificação dos galeses veio com dois gols do meia Aaron Ramsey, um no primeiro tempo, com assistência de Gareth Bale, e o outro na segunda etapa, servido por Kieffer Moore. Com o resultado em Cardiff, a seleção treinada por Ryan Giggs avanço na segunda posição do grupo E das Eliminatórias, atrás da Croácia.

Esta será a segunda participação do País de Gales na Eurocopa. A primeira foi em 2016, na França, quando a equipe estreante fez bela campanha e terminou na terceira posição do torneio continental. A derrota nas semifinais, inclusive, foi diante de Portugal, que mais tarde se consagraria campeã pela primeira vez.

Ainda pelo grupo E, a Eslováquia venceu o lanterna Azerbaijão, em casa, pelo mesmo placar, mas terminou na terceira posição. No entanto, os eslovacos disputarão a repescagem.

A Bélgica, líder isolada do grupo I, se igualou à Itália como únicas seleções que venceram todas as dez partidas disputadas nas Eliminatórias.

A vitória sobre o Chipre, apesar do placar elástico, veio de virada. Nicolas Ioannou colocou a seleção visitante à frente no placar no início do jogo em Bruxelas, mas Christian Benteke (duas vezes), Kevin De Bruyne (duas vezes), Ferreira Carrasco e Kypros Christoforou, contra, confirmaram o aproveitamento impecável belga.

A segunda colocada, Rússia, goleou o lanterna, San Marino, por 5 a 0. Já a Escócia, que disputará a repescagem, terminou na terceira posição, com uma vitória de 3 a 1, em casa, sobre o Cazaquistão.

O dia também foi de goleadas no grupo C. Em Frankfurt, a Alemanha garantiu a primeira posição ao bater por 6 a 1, de virada, a Irlanda do Norte, terceira colocada.

Michael Smith abriu o placar para os visitantes aos sete minutos de jogo, mas a vantagem duro pouco. A vitória elástica veio com hat-trick de Serge Gnabry, dois gols de Leon Goretzka e um de Julian Brandt.

Na outra partida do grupo, a vice-líder, Holanda, não tomou conhecimento da Estônia em Amsterdã. Com três gols de Wijnaldum, um de Aké e outro de Boadu, a equipe da casa aplicou 5 a 0 na lanterna.

No grupo G, a líder, Polônia, recebeu e derrotou a Eslovênia por 3 a 2 em Varsóvia. Szymanski, Lewandowski e Goralski marcaram para a equipe da casa, enquanto Matavz e Ilicic descontaram.

A Áustria, que passou na segunda posição, encerrou a participação nas Eliminatórias com uma derrota de 1 a 0 para a lanterna, Letônia. Já a Macedônia do Norte, terceira colocada, venceu Israel por 1 a 0.

Além das seleções que garantiram vaga direta na Eurocopa, outras quatro irão ao torneio através da repescagem. A melhor de cada um dos quatro grupos ficará com a vaga. Um sorteio na próxima quinta-feira decidirá qual seleção entre Bulgária, Israel, Hungria e Romênia ficará no grupo C. As outras três preencherão o grupo A.

Confira os grupos da repescagem:

A: Islândia, Bulgária/Israel/Hungria/Romênia.

B: Bósnia, Eslováquia, Irlanda, Irlanda do Norte.

C: Escócia, Noruega, Sérvia, Bulgária/Israel/Hungria/Romênia.

D: Geórgia, Belarus, Macedônia do Norte, Kosovo.

Esporte