PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Patrícia Marx planeja morar com namorada: 'Alívio me assumir lésbica'

Patricia Marx e a namorada, Renata Pedreira  - Reprodução/Instagram
Patricia Marx e a namorada, Renata Pedreira Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em Santos

26/10/2020 11h55

Patrícia Marx diz que o relacionamento com a arquiteta Renata Pedreira está "de vento em popa". A cantora, que ficou conhecida nacionalmente por integrar o Trem da Alegria, afirma que pretende juntar as escovas com a amada "muito em breve".

A artista conta que conheceu Renata em um jantar, acompanhadas de uma amiga em comum. As conversas evoluíram, elas começaram a se conhecer melhor e hoje planejam morar juntas.

"Nós nos vemos bastante. Ainda estamos morando em casas separadas, mas há planos para morar juntas muito em breve. Só estamos organizando a vida porque temos animais. A Renata é uma pessoa que gosta demais de animais, tem gatos como eu, é vegetariana , então temos muitas coisas em comum. Não vejo a hora de a gente estar juntas", afirmou, em entrevista à coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Patrícia assumiu ser lésbica no último dia 29 de junho, seu aniversário de 46 anos e Dia do Orgulho Gay. A cantora diz que ficou "comovida e emocionada" com a recepção do público ao publicar uma foto com Renata, assumindo o namoro.

"Foi quase unânime a aceitação e o carinho. Muitas pessoas vieram me agradecer dizendo que me admiravam mais ainda por eu ter me posicionado. A maioria das mensagens que recebi era de pessoas que não tinham coragem de assumir por conta de familiares, filhos e que já tinham ou tiveram relação com outras mulheres, mas não poderiam assumir", disse.

"Para mim foi um grande alívio ter assumido que eu sou lésbica. Acho que tudo teve o momento certo. Talvez eu não conseguiria ter assumido isso antes, porque minha criação foi outra", disse a artista, que considera o ambiente em que cresceu "conservador".

Entretenimento