PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Covid: Juliana Paes diz que perdeu paladar e olfato, mas não afetou pulmões

Juliana Paes no Conversa com Bial - Reprodução/vídeo
Juliana Paes no Conversa com Bial Imagem: Reprodução/vídeo
do UOL

Colaboração para o UOL

24/09/2020 01h38

Juliana Paes falou pela primeira vez sobre os sintomas que tem sentido por ter testado positivo para a Covid-19. Segundo a atriz, houve muita dor de cabeça, dor nos olhos e perda do paladar e do olfato, mas a doença não chegou a afetar a região pulmonar.

"Eu fui diagnosticada há nove dias e só fui sentir os primeiros sintomas leves dois dias depois do diagnóstico", disse Juliana no "Conversa com Bial" desta madrugada. "Esse vírus é muito maluco, muito doido. Eu comecei primeiro a sentir uma pressão na cabeça, depois começou a doer o fundo dos olhos e tive dois dias de muita dor de cabeça. E sem sentir o gosto e o cheiro de nada", continuou.

A atriz, que está isolada em casa com o marido, o empresário Carlos Eduardo Baptista, também infectado pelo coronavírus, e com os filhos Antônio e Pedro, revelou que não teve febre, cansaço e nem tosse seca.

"Acho que não chegou a afetar a minha parte pulmonar, ficou mais nas minhas vias aéreas superiores. Não sou médica, não entendo dessas coisas, mas a minha sensação foi essa", afirmou a global.

Na conversa, Juliana reforçou que os sintomas não se comparam aos da gripe ou resfriado. "É um vírus diferente. Você não sente o gosto e o cheiro como em um resfriado comum. Porque [na gripe] você ainda sente aquele gostinho no fundo, o cheiro, você perde parcialmente essas capacidades. Mas na Covid, não, você não sente nada."

Perto de finalizar a quarentena, a atriz se mostrou praticamente recuperada. "O meu pneumologista disse que preciso completar no mínimo 14 dias para eu estar totalmente liberada. Clinicamente estou muito bem", afirmou a "Bibi Perigosa" da novela "A Força do Querer".

Na próxima segunda-feira (28), Juliana participará do programa "Criança Esperança 2020", na Rede Globo. Ao Pedro Bial, ela confirmou a presença: "Até lá, provavelmente, não vou estar mais contaminando ninguém".

O "Conversa com o Bial" vai ao ar de segunda à sexta-feira após o Jornal da Globo.

Entretenimento