PUBLICIDADE
Topo

Ricco: Fuga de audiência fez Globo diminuir cobertura sobre coronavírus

do UOL

Do UOL, em São Paulo

23/05/2020 04h00

O programa "Combate ao Coronavírus", exibido nas manhãs da Globo e comandado por Márcio Gomes, chegou ao fim após dois meses no ar. O jornalístico, que foi criado às pressas para esclarecer junto a especialistas as dúvidas da população sobre o novo vírus, vinha perdendo audiência, conforme relatou o colunista Leo Dias.

No podcast UOL Vê TV #28, Chico Barney, Débora Miranda, Flávio Ricco e Maurício Stycer debatem sobre as mudanças na grade da Globo e na postura da emissora em relação à cobertura da pandemia (disponível no vídeo acima a partir de 35:20).

"Os assuntos tendem a se repetir muito", analisa Débora Miranda, editora de TV e Famosos do UOL. "A GloboNews sempre leva médicos para responder perguntas das pessoas e eu vejo que o conteúdo se repete. Não tem nada novidade para falar disso todos os dias. Eu entendo que as pessoas ainda tenham dúvidas, mas as dúvidas são sempre as mesmas."

Ricco acredita que a Globo esteja diminuindo a cobertura sobre o tema. "O fato de algumas clínicas e consultórios recomendarem de não deixar a TV sintonizada na Globo, assustou um pouco. Há uma fuga de audiência desse tema, e talvez por isso tenham diminuído um pouco a carga de noticiário, pelo menos no caso do ‘Combate ao Coronavírus’, na faixa da manhã. Porque o programa é bom, de prestação de serviço, e que poderia ser estendido para outros assuntos."

Chico Barney considera o jornalístico um sucessor do "Bem-Estar", que saiu do ar justamente por problema de audiência. "Como a gente está o dia inteiro em casa, quem tem essa oportunidade, vê uma sequência de jornais que variam entre o horrível e o lamentável. Eu tento ver em outra perspectiva: eu acho que 2h de entretenimento com serviço é melhor."

Ricco diz que a equipe interna da Globo tem feito reuniões remotas constantes com os diferentes setores, como dramaturgia e entretenimento, para discutir as possibilidades de sua grade. "A Globo está se preocupando em promover esses encontros, pensando no dia de amanhã, e até durante a pandemia, quais as saídas para se mexer, e eu não vejo movimento parecido nenhum nas outras emissoras. A liderança da Globo em audiência realmente não acontece por acaso."

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No Youtube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo. Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar -no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Entretenimento