PUBLICIDADE
Topo

Baterista do Aerosmith processa a banda por impedir o seu retorno

Joey Kramer, baterista do Aerosmith, durante apresentação em fevereiro de 2019 - Tommaso Boddi/Getty Images for Janie"s Fund
Joey Kramer, baterista do Aerosmith, durante apresentação em fevereiro de 2019 Imagem: Tommaso Boddi/Getty Images for Janie's Fund
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/01/2020 22h35

Joey Kramer, baterista do Aerosmith, entrou com uma ação contra a banda. Ele alega ter sido excluído injustamente do grupo, antes de eventos importantes como a apresentação no Grammy deste ano.

No começo de 2019, Kramer precisou se afastar do grupo depois de sofrer algumas lesões. Em outubro, os outros membros - Steven Tyler, Joe Perry, Tom Hamilton e Brad Whitford - teriam o obrigado a realizar testes para determinar se estaria no "nível apropriado" para voltar, segundo consta na ação, de acordo com informações obtidas pela revista Rolling Stone dos EUA.

O baterista, que é um dos membros originais do grupo, diz que outros integrantes também já tiveram que se afastar ao longo dos 50 anos de carreira e nunca foram submetidos a tais testes.

Assim, Kramer deve ficar fora de eventos importantes da banda, como a apresentação no Grammy, no domingo (26) e do prêmio MusiCares, em que a banda será homenageada.

"Não se trata de dinheiro. Estou sendo privado da oportunidade de ser reconhecido junto com meus colegas por nossas contribuições coletivas ao longo da vida para a indústria da música. Nem o Prêmio Pessoa do Ano do MusiCares nem as honras de conquistas ao longo da vida do Grammy podem ser repetidos", alegou o músico, de acordo com a revista.

Até o momento, a banda não se manifestou publicamente sobre o caso.

Entretenimento