Topo

Pequim organiza maior exposição de Picasso já realizada na China

2019-06-18T23:12:00

18/06/2019 23h12

Pequim, 19 Jun 2019 (AFP) - Pequim acolhe a partir deste sábado (15), até 1º de setembro, a exposição "Picasso, o nascimento de um gênio", a mais importante até hoje dedicada ao pintor espanhol na China.

O Centro de Arte Contemporânea (UCCA) expõe mais de uma centena de obras - entre pinturas, esculturas e desenhos - rodeadas por enormes retratos que mostram Picasso em sua juventude em Barcelona ou Paris.

A exposição reúne "o melhor" do Museu Nacional Picasso de Paris, declarou sua diretora, Lauren Le Bon, à AFP em Pequim.

O museu de Paris transportou as obras a bordo de sete aeronaves diferentes, uma condição imposta pela companhia de seguros para cobrir a viagem, explicaram os organizadores da exposição.

O valor total do seguro ultrapassa 800 milhões de euros.

A primeira exposição da obra de Picasso na China foi realizada em 1993, durante uma visita a Pequim do presidente francês François Mitterrand.

Na ocasião, apenas 33 obras do pintor modernista foram exibidas.

A exposição que abre neste sábado se concentra nas obras dos primeiros trinta anos de Picasso (1881-1973), com o objetivo de mostrar como o se desenvolveu o artista genial.

No centro da exposição está o "período azul" (1901-1904), em que o pintor espanhol privilegiou os pobres e prostitutas, comentou à imprensa Emilia Philippot, curadora da exposição.

"A arte é como o chinês, se aprende", teria respondido Picasso a uma pessoa que lhe disse que sua pintura de vanguarda era incompreensível como a "língua chinesa", comentaram os organizadores.

bar/plh/zm/me/mr

Mais Entretenimento