PUBLICIDADE
Topo

Destaque, Janderson cita ajuda de Andrés e Coelho após tristeza de domingo

do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/12/2019 21h56

O atacante Janderson comemorou, além da classificação para a Copa Libertadores da América de 2020, a sua 'redenção' na vitória do Corinthians contra o Ceará por 1 a 0 hoje (4), no Castelão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 31 foi o melhor jogador em campo ao "bagunçar" o sistema defensivo cearense com muita velocidade e dribles.

Na saída de campo, Janderson falou da importância do "bom jogo" realizado hoje após participar diretamente da derrota do Corinthians contra o Atlético-MG no último domingo. O atacante citou o técnico Dyego Coelho e até o presidente Andrés Sanchez para falar do apoio que recebeu para superar o pênalti que cometeu em Cazares e que encaminhou a vitória dos mineiros por 2 a 1, em Belo Horizonte.

"Depois daquele lance (pênalti em Cazares) fiquei muito triste, mas meus companheiros me ajudaram. Não só eles, o Andrés (presidente), o Coelho (técnico). Eles me passaram que aquilo podia acontecer com qualquer um e para eu levantar a cabeça. Trabalhei na semana", afirmou Janderson ao Premiere.

Entre tantas jogadas individuais, Janderson provocou o escanteio batido por Clayson na cabeça de Gustagol, que garantiu a vitória do Corinthians por 1 a 0, em Fortaleza. "Fiz belas jogadas (contra o Ceará), até a jogada do escanteio eu que fiz. Mas o que importa é a vaga na Libertadores", disse.

Esporte