Topo

Renato cobra CBF após pênalti do Fla: "Até quando VAR vai apitar o jogo?"

do UOL

Do UOL, em Porto Alegre

17/11/2019 20h27

Renato Gaúcho, treinador do Grêmio, reclamou do pênalti marcado para o Flamengo hoje (17), em Porto Alegre. Depois da derrota por 1 a 0, o treinador deu uma longa resposta onde contesta a decisão de Raphael Claus, cita palestra de Leonardo Gaciba, chefe de arbitragem da CBF, e relata diálogo com a arbitragem no intervalo da partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A bronca de Renato reside no fato de Raphael Claus não ter revisado o lance envolvendo Léo Moura e Gabigol no árbitro de vídeo. Ao mesmo tempo, o treinador questionou o poder do VAR.

"O Gaciba esteve aqui, mostrou o lance e um lance igual a esse. Ele falou para a gente: Não é mais pênalti. Aí o Léo tá caindo, dedos já no chão… pênalti. Do outro lado, mesma coisa com Rodholfo, não foi nada. No intervalo, fui falar com o Claus. Ou a CBF se posiciona e obriga o árbitro do jogo a olhar no VAR ou tira o VAR", disse Renato.

O lance reclamado ocorreu aos 33 minutos do primeiro tempo, quando Gabriel Barbosa cruzou rasteiro para trás e Léo Moura deu carrinho. A bola bateu no braço direito do lateral.

"Os árbitros dizem a toda hora que eles mandam. Se você é quem manda no jogo, perfeito. Então vai lá ver. A opinião do árbitro do jogo pode ser diferente do VAR. A única discordância é que o árbitro do VAR apita o jogo. Minha equipe foi guerreira, buscou de todas formas, ok. Mas eles precisam decidir o que é uma regra. Se é regra em um jogo e no outro jogo, se é regra para um árbitro ou todos os árbitros. O VAR veio para ajudar e tem ajudado bastante, mas tem que parar de o cara do VAR falar se foi ou não pênalti. Quem decide é o árbitro do jogo. Foi isso que cobrei do Claus… "porque você não foi no vídeo? Ele me disse que foi pênalti". O cara do VAR, como árbitro do jogo, pode errar. Porque só vale a palavra do VAR? O Gaciba veio aqui e falou que pela nova regra não foi pênalti. Como foi pênalti? A CBF tem que se decidir aí com esse tal de VAR. Decidir o que é pênalti e o que não é pênalti. Essa é a única bronca que eu tenho. Chega do cara do VAR apitar o jogo", disparou Renato Gaúcho.

Esporte