Topo

Argel protege meia e vê evolução no Coritiba, apesar de empate em casa

Gabriel Machado/AGIF
Coxa deixou escapar dois pontos em jogo disputado contra o Maringá Imagem: Gabriel Machado/AGIF
do UOL

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

24/01/2019 04h00Atualizada em 24/01/2019 09h27

O Coritiba ficou apenas no 1 a 1 com o Maringá em seu primeiro jogo no Couto Pereira em 2019. O time saiu na frente, mas acabou cedendo o empate em uma bola recuada pelo meia Matheus Bueno, que acabou interceptada por Tiago Orobó, que empatou a partida. Na coletiva pós-jogo, o técnico Argel Fucks protegeu o defensor de 20 anos das críticas.

"Quando a gente erra é coletivo, nunca individual. A responsabilidade é de todos e principalmente minha", disse o treinador, que avaliou a atuação como boa: "É o típico jogo em que o resultado é ruim, mas a exibição foi boa. Estava fazendo uma partida de luxo até o momento em que tivemos um erro coletivo. De modo geral fizemos uma partida boa. O resultado nem tanto. Como é começo de jogo, a gente não vai nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno. Estamos no caminho certo."

O técnico ainda declarou que a sequência inicial no Campeonato Paranaense, com vitória sobre o Foz (4 a 0) e o empate com o Maringá, foi considerada satisfatória dentro do que o clube imaginava. "Está dentro do que a gente planejava: de seis pontos, conquistamos quatro", declarou. Na próxima rodada, o Coxa recebe o Toledo, às 17h de domingo (27).
 

Mais Esporte