PUBLICIDADE
Topo

Atacante do Fulham é detido em CT e banido por tempo indeterminado

Desde 2017 no Fulham, Kamara atuou em 45 partidas e marcou 10 gols - John Sibley/Reuters
Desde 2017 no Fulham, Kamara atuou em 45 partidas e marcou 10 gols Imagem: John Sibley/Reuters
do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

23/01/2019 15h45

O atacante Aboubakar Kamara, do Fulham, foi detido no centro de treinamento da equipe e banido do clube por tempo indeterminado. Na última segunda-feira (21), a polícia o prendeu por suspeita de lesão corporal e danos criminais.

A polícia foi chamada após relatos de uma briga envolvendo Kamara. De acordo com o jornal inglês 'The Independent', na segunda-feira o atacante foi ao CT da equipe para tentar selar a paz com Cláudio Ranieri, treinador da equipe, e que o suspendeu por conta de sua postura que não contribuía para a harmonia no elenco.

Um porta-voz da Polícia Metropolitana disse ao jornal: "A polícia foi chamada para o CT após receber relatos de uma briga. Ele (Aboubakar) foi suspeito de lesão corporal e danos criminais. Ele foi levado sob custódia em uma delegacia no sul de Londres. As investigações continuam".

Os problemas de relacionamento com o jogador começaram no dia 29 de dezembro, na vitória do Fulham por 1 a 0 sobre o Huddersfield, pelo Campeonato Inglês, quando o francês brigou com o atacante Aleksander Mitrovic para bater um pênalti, que no fim Aboubakar cobrou e errou. Além disso, durante uma sessão de yoga que contou com a presença de todos os jogadores da equipe, Aboubakar voltou a brigar com o sérvio. 

Em um comunicado, o Fulham agradeceu a ação rápida da polícia e afirmou que o atacante está banido do clube. 

"O clube agradece a rápida atenção da polícia metropolitana imediatamente após a divulgação do incidente. O sujeito que foi preso está banido indefinidamente do Motspur Park [centro de treinamento da equipe] e de todas as atividades do clube. Vamos nos abster de mais comentários, mas vamos enfatizar que cooperaremos plenamente com qualquer investigação ou processo legal novo ou contínuo, em nome de fornecer a todos um ambiente de trabalho seguro e protegido.", afirma o comunicado. 
 

Esporte