PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Família real se prepara para funeral do príncipe Philip; saiba detalhes

14.jul.2017 - O príncipe Philip durante evento no palácio de Buckingham, em Londres - Chris Jackson/Reuters
14.jul.2017 - O príncipe Philip durante evento no palácio de Buckingham, em Londres Imagem: Chris Jackson/Reuters
do UOL

Do UOL, em São Paulo

16/04/2021 04h00

O funeral do príncipe Philip será como nenhum outro da família real britânica. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia será mais curta e também mais reservada.

A rainha Elizabeth 2ª aprovou o plano de execução, e o Palácio de Buckingham afirmou que eles "refletem muito os desejos pessoais do duque", que morreu na última sexta-feira (9), aos 99 anos.

Confira detalhes da cerimônia:

Quando?

O funeral do príncipe Philip acontecerá neste sábado (17).

Que horas?

O funeral será às 15h da Inglaterra (11h no horário de Brasília) e seu início será marcado por um minuto de silêncio.

A cerimônia, porém, começará às 14h40, quando o caixão do duque será colocado no carro funerário — um Land Rover adaptado.

Cinco minutos depois, será iniciada a procissão — que chegará à Capela de São Jorge às 14h53. O caixão será recebido com o hino nacional e haverá salva de tiros.

Onde?

1 - Wikipedia - Wikipedia
O tradicional Castelo de Windsor
Imagem: Wikipedia

A cerimônia será realizada no Castelo de Windsor.

O Palácio desencorajou os simpatizantes de Philip de se reunirem na área externa das residências reais para deixar flores. O prefeito de Windsor, John Story, afirmou ao jornal britânico Metro que pessoas que se reunirem perto do Castelo "podem ser multadas".

Quem participa?

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia contará com a presença de apenas 30 pessoas e não haverá procissão pública. Todos usarão máscaras de proteção contra a covid-19 e o distanciamento social também será respeitado.

O príncipe Harry comparecerá, mas sua mulher, Meghan Markle, que está grávida, não viajou para a Inglaterra por recomendação médica. Essa é a primeira vez que o duque de Sussex retorna ao Reino Unido desde sua polêmica entrevista à apresentadora norte-americana Oprah Winfrey.

De acordo com a AFP, o primeiro-ministro Boris Johnson decidiu não participar para deixar espaço à família do duque.

Na lista de membros da família real convidados, divulgada pelo Palácio de Buckingham, estão: Camila (duquesa da Cornualha), Eduardo (conde de Wessex), Sofia (condessa de Wessex), Jaime (Visconde Severn), Lady Louise Windsor (filha de Eduardo e Sofia), Kate Middleton (duquesa de Cambridge), Zara Tindall (filha da princesa Anne), Mike Tindall, princesa Beatrice, Edoardo Mapelli Mozzi, princesa Eugenie, Jack Brooksbank, Lady Sarah McCorquodale (irmã de Diana), Daniel Chatto, Ricardo (duque de Gloucester), Eduardo (duque de Kent), Alexandra de Kent (Lady Ogilvy), Carlos Luís (príncipe herdeiro de Baden) e a condessa de Mountbatten.

2 - Getty Images - Getty Images
Os príncipes Harry, Charles e William devem participar da cerimônia
Imagem: Getty Images

Como será a cerimônia?

O duque de Edimburgo terá um funeral cerimonial, não de estado — reservado apenas aos monarcas.

O caixão será transferido da capela particular para a Entrada Estadual do Castelo de Windsor, e então transportado pelos jardins em um Land Rover modificado, que ele mesmo projetou para a ocasião.

Em uma curta procissão, o príncipe Charles e outros membros mais antigos da realeza — a princesa Anne, Eduardo (conde de Wessex), príncipe Andrew, príncipe Harry, Peter Phillips, príncipe William, Timothy Laurence e David Armstrong-Jones (2º conde de Snowdon) — seguirão o caixão até a Capela de São Jorge.

A rainha Elizabeth 2ª não deve participar da pequena caminhada. Segundo a agência RFI, a rainha seguirá no Bentley da família. Ela chegará ao lado de uma dama de companhia.

Membros da família do duque, incluindo seu secretário particular Archie Miller-Bakewell, seu oficial de proteção real, dois pajens e dois empregados farão a retaguarda da procissão. Nenhum membro real usará farda. As cornetas dos Grenadier Guards, dos quais Philip foi coronel por 42 anos, devem liderar a procissão até a capela.

Representantes da marinha, força aérea e exército, além de destacamentos militares de unidades que tinham conexões especiais com Philip, estarão posicionados no gramado e também alinhados na rota durante o desfile.

Exceto os membros da família real e o secretário particular dele, todos que participaram da procissão não entrarão na capela. A rainha se sentará sozinha.

A ocasião ainda vai "celebrar e reconhecer a vida do Duque e seus mais de 70 anos de serviço à rainha, ao Reino Unido e à comunidade", disse um porta-voz do Palácio.

O caixão do duque será coberto por uma bandeira, uma coroa de flores, seu chapéu naval e sua espada. As medalhas e condecorações de Philip serão colocadas em almofadas no altar da capela.

Após o funeral, o duque será enterrado no cofre da família real, sob a Capela de São Jorge.

Será transmitido?

A cerimônia será transmitida pela televisão, pelo rádio e também pelo Youtube, para permitir ao maior número de pessoas possível "fazer parte da ocasião", afirmou um porta-voz do Palácio.

Como o público pode prestar homenagens?

No site da família real, a população britânica é convidada a fazer uma doação para uma instituição de caridade em vez de deixar flores em memória do duque.

Um livro de condolências online também está disponível para o público escrever suas homenagens.

O que acontece depois do funeral?

O período de luto nacional termina no dia do funeral. A família real, porém, cumprirá duas semanas de luto — os membros da realeza comparecerão a compromissos usando faixas pretas. Desde a morte de Philip, as bandeiras estão a meio mastro no Reino Unido.

A matriarca da família real, inclusive, já tem data para voltar ao trabalho após a morte de seu marido: 22 de abril.

Entretenimento