PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Influenciadora é obrigada a morar com avós após ser presa por tráfico

A influenciadora foi presa por suspeita de atuação em uma quadrilha de contrabando de drogas, mas já foi libertada - Reprodução/Instagram/@mikaylajane23
A influenciadora foi presa por suspeita de atuação em uma quadrilha de contrabando de drogas, mas já foi libertada Imagem: Reprodução/Instagram/@mikaylajane23
do UOL

Do UOL, em São Paulo

26/11/2020 09h13

A influenciadora de Instagram Mikayla Noakes, de 20 anos, foi presa por suspeita de atuar em uma quadrilha de contrabando de drogas, como cocaína e ecstasy, que atua em Nova Gales do Sul e Queensland, na Austrália. A mulher foi detida no último sábado, mas foi liberada sob condição de ir morar com os avós dela enquanto aguarda ao julgamento.

Anteriormente, Mikayla morava com o namorado Tate Robinson, de 21 anos, que também foi preso por suspeita de distribuir cocaína, entre outras acusações. Diante do Tribunal Local de Tweed Heads na segunda-feira (23), ela se declarou inocente das acusações, que incluíam a participação em um grupo que pratica atividades criminosas, fornecia e realizava o contrabandeio de drogas.

Além de Mikayla, outras seis pessoas foram presas na operação que aconteceu no final de semana após uma longa investigação da polícia australiana. Entre os presos estão o namorado dela, um ex-jogador do campeonato nacional de rugby da Austrália e Michael Gordon, técnico do time de rugby australiano Gold Coast Titans.

Na operação, a polícia encontrou cocaína, ecstasy, anabolizantes, 60 mil dólares australianos (cerca de R$ 235 mil) em dinheiro, celulares e objetos utilizados para a fabricação de drogas.

De acordo com o site News.au, o advogado de Mikayla pediu que o julgamento da suspeita acontecesse em 15 de janeiro de 2021.

A influenciadora possui mais de 12 mil seguidores no Instagram e publicava muitas fotos do dia a dia e com biquínis na rede social.

Entretenimento