PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

José de Abreu lembra do filho que morreu há 28 anos: 'Maior dor de um pai'

José de Abreu posta foto do filho Rodrigo, que morreu em 1992 - Reprodução/Instagram
José de Abreu posta foto do filho Rodrigo, que morreu em 1992 Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/08/2020 23h11

O ator José de Abreu postou uma mensagem hoje, no Dia dos Pais, em homenagem ao seu filho primogênito, Rodrigo, que morreu há 28 anos.

"A maior dor de um pai é perder um filho. É a vida invertida. Este é o Rodrigo, meu primogênito, que cumpriu seu karma rápido demais. Um dia nos veremos de novo, filho", escreveu no Instagram.

Fruto do relacionamento do ator com a advogada Neuza Serroni, Rodrigo tinha 21 anos quando morreu ao cair da janela do apartamento que dividia com o pai, no Rio de Janeiro.

Em entrevista ao "Extra", em 2015, José de Abreu contou sobre sua relação com a perda do filho.

"É terrível, mas, como eu tinha estudado religiões espiritualistas, acredito em reencarnação. Isso ajuda muito a curar. Mas a dor você vai carregar pelo resto da vida. Não há substituto", definiu.

Errata: o texto foi atualizado
A nota reproduziu, na versão original, a legenda do ator, que lamentava os 18 anos da morte do filho. Porém, a morte aconteceu em 1992, há 28 anos. O erro foi corrigido.

Entretenimento