Topo

Paola Carosella fala do "hambúrguer do futuro" e como superou ira das redes

Paola Carosella - Carlos Reinis/Band
Paola Carosella Imagem: Carlos Reinis/Band
do UOL

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Paola Carosella diz como aprendeu a lidar com comentários raivosos nas redes sociais
  • A jurada do MasterChef Brasil diz que foi mal compreendida ao criticar o famoso "hambúrguer do futuro"
  • "Eu parecia uma mulher argentina julgando o brasileiro. Foram bem duros, mas agora já me acostumei", diz
  • A chef afirma que é preciso expandir as discussões para o que é realmente importante, como problemas relacionados a uma má alimentação

Bastante ativa nas redes sociais, Paola Carosella se acostumou ao julgamento muitas vezes cruel que sofre por expor suas opiniões publicamente. Principalmente pelo Twitter, a chef usa o seu poder de influência para opinar sobre temas que vão do que acontece no MasterChef às causas ou ideias nas quais acredita.

Recentemente, Paola experimentou um hambúrguer vegetariano, que ficou famoso como hambúrguer do futuro, e na rede social ela definiu o que comeu como "uma bosta ultraprocessada oportunista". Em entrevista ao UOL, ela afirmou que foi mal compreendida.

"Achei interessante a proposta de um hambúrguer de planta e quando fui ler os ingredientes, que são listados pela ordem de maior quantidade dentro do preparo, tinha soja, milho e metilcelulose, que é um derivado de papel. A minha frustração é que pelo nome, hambúrguer do futuro, vamos então comer só soja, milho e papel e irão nos vender isso como planta? De jeito nenhum sou contra o veganismo. Isso foi uma má interpretação. Eu sou super a favor e inclusive como pouquíssima carne", afirmou.

A chef ressalta que é necessário voltar as atenções ao que segundo ela é de fato relevante sobre alimentação, como questões sérias relacionadas à saúde pública.

"Isso não é uma alternativa e está desviando o foco de qual é o nosso problema hoje em dia, que é muito maior. Cinco de dez brasileiros são obesos, não temos tempo para cozinhar e por isso comemos qualquer coisa", declarou.

"No começo ficava magoada"

Assim como faz com temas que geram forte reação de seus seguidores, Paola Carosella debateu pacientemente sobre o hambúrguer do futuro. Para ela, muitas das opiniões que ela leu indicam falta de conhecimento.

"Achei interessante porque denota desinformação, desconexão. Eu entendo que se tivesse a chance de sentar com essa pessoa e conversar ela mudaria completamente de opinião. O primeiro grito é, 'como assim, você está defendendo as pessoas de comerem carne?'. Não foi isso. Eu estou defendendo que a gente saiba o que está comendo. Se você quer ser vegano, coma plantas", disse.

A chef afirma que quando passou a usar as redes se machucava com mensagens por vezes agressivas, mas que hoje isso mudou. Com tranquilidade, ela garante que está pronta para aguentar as críticas pesadas e sem argumentos.

"No começo eu não sabia lidar com isso e me sentia muito magoada. Depois é como qualquer músculo, quanto mais é trabalhado mais firme ele fica. Eu falava e eram bem grossos comigo. Eu parecia uma mulher argentina julgando o brasileiro. Foram bem duros, mas agora já me acostumei", explica.

"Vamos expor os absurdos"

A cada edição do MasterChef Brasil temas são levantados e acabam repercutindo nas redes sociais. Paola, por exemplo, frequentemente é acusada de defender um ou outro participante e o tema do machismo também já mexeu com o público no MasterChef Profissionais.

"Tenho um lado que gosta de provocar e que gostar de trazer alguns mal-estares da sociedade para a tela. Temos o gordo e o negro e quero ver o que as pessoas vão falar sobre isso. É importante que se fale de tudo, como o que se fala da menina bonita, da Paola que deixou o Hugo só porque quer transar com ele... Isso é absolutamente ridículo, mas é bom eles que estejam lá. Vamos expor esses absurdos e conversar sobre eles. Não vamos deixá-los escondidos", defende.

VÍDEO: Os amores, manias e prazeres de Paola Carosella

Universa

Entretenimento