Topo

Processo movido por Milton Gonçalves contra Paulo Betti é encerrado

Os atores Paulo Betti e Milton Gonçalves - Montagem/UOL/Paulo Belote/Mauricio Fidalgo/TV Globo
Os atores Paulo Betti e Milton Gonçalves Imagem: Montagem/UOL/Paulo Belote/Mauricio Fidalgo/TV Globo
do UOL

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

17/10/2019 19h29

Resumo da notícia

  • Milton Gonçalves pediu à Justiça extinção de interpelação judicial
  • Ator foi à Justiça para que Paulo Betti se explicasse sobre declaração
  • Chapas de Gonçalves e Betti disputaram direção de sindicato no Rio

O processo movido pelos atores Milton Gonçalves e Jorge Coutinho contra Paulo Betti foi encerrado e será arquivado. Gonçalves e Coutinho pediram que Betti se explicasse na Justiça sobre declaração durante disputa pela presidência do Sated (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculo de Diversões do Estado do Rio de Janeiro) em junho passado.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio, o Ministério Público manifestou-se pela "ausência de interesse no feito", já que após a resposta de Betti, os requerentes "pugnaram pela extinção" do mesmo. Em documento anexado ao processo, o advogado de Milton e Coutinho informou que, mesmo que as respostas de Betti não tenham sido convincentes, os atores pediram que o processo —uma interpelação judicial— fosse extinto.

"Eles entraram com a interpelação, houve a resposta, eles foram intimados da resposta e então o processo foi extinto com resolução de mérito", disse Jéssica Caliman, advogada que representa Paulo Betti.

A assessoria de Milton Gonçalves diz que o processo foi finalizado e encerraram o assunto. "Entre Milton e Paulo está tudo resolvido e finalizado".

Entenda o caso

Betti era integrante da chapa que concorria contra Gonçalves e Coutinho pela presidência do Sated. A chapa de Gonçalves e Coutinho venceu a disputa em julho.

O mal-estar entre os atores começou em abril, quando Paulo publicou em um grupo de Whatsapp.

"A atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme. Isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas".

Milton Gonçalves moveu então o processo contra Paulo Betti, conforme informou o site F5, parceiro do UOL. A ação dizia que a fala do ator acarreta interpretação "imprópria e infeliz" e faz "distinção entre negros e brancos".

Na ocasião, Betti se defendeu. "É uma acusação muito grave. Eu não sou racista. Pelo menos até onde eu saiba, a minha história não diz isso, eu nunca me considerei", disse ele ao UOL.

Denominada "Renovação e Transparência", a chapa criada por Betti para fazer frente a Milton Gonçalves era composta por Tonico Pereira, Zezé Polessa, entre outros. Já a chapa União e Determinação contava, além de Gonçalves, com nomes como Ruth Souza e Carlos Vereza.

Em meio à polêmica, Paulo Betti recebeu apoio de artistas e colegas de sua chapa.

Dadá Coelho, mulher de Paulo Betti, compartilhou uma publicação de Caio Blat em defesa do colega. "Amigos, a causa racista é legítima e não pode NUNCA, jamais em tempo algum, ser usada de forma leviana e oportunista. Como diz Angela Davis: 'Numa sociedade racista, não basta não ser racista. É necessário ser antirracista'", comentou Dadá, que ganhou apoio da atriz Luisa Arraes.

As atrizes Julia Lemmertz e Deborah Evelyn também publicaram em suas redes sociais um texto da chapa Renovação e Transparência em defesa de Betti.

Ouça o podcast UOL Vê TV, a mesa-redonda sobre televisão com os colunistas Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Entretenimento