Topo

Empresa de Oscar De La Hoya nega acusação de agressão sexual: "Completamente falsa"

Ag. Fight

22/10/2019 16h40

Oscar De La Hoya (à esquerda) é CEO da 'Golden Boy Promotions' - Diego Ribas

A defesa de Oscar De La Hoya finalmente quebrou o silêncio sobre o caso de agressão sexual.  O astro do boxe, processado por assédio nesta semana por uma ex-companheira que preferiu não se identificar e usou o pseudônimo de Jane Doe, se defendeu através de um comunicado à imprensa disponibilizado pela 'Golden Boy Promotions', empresa em que atua como CEO.

A nota da agência produtora de eventos de boxe condena a acusação da vítima e afirma que a versão de Jane é falsa. De acordo com o comunicado emitido pela empresa, a posição de destaque ocupada por Oscar faz com que ele, consequentemente, se torne alvo de alegações desta natureza.

"Um processo inconsistente foi aberto recentemente alegando que Oscar De La Hoya abusou sexualmente de 'Jane Doe', o que é completamente falso. Oscar é um empresário de muito sucesso, que administra uma das principais empresas de esportes e entretenimento do país - portanto, se torna um alvo grande. Vale a pena notar que os dois processos recentes foram movidos pelo mesmo advogado que está tentando ganhar fama com seu nome. Nós negamos veementemente essas alegações e esperamos defender vigorosamente o bom nome e a reputação de Oscar", escreveu um representante da organização, de acordo com o site 'BloodyElbow'.

O advogado em questão mencionado no comunicado é Greg Kirakosian, que recentemente também agenciou outra vítima em um diferente caso de acusação contra De La Hoya. O representante jurídico defendeu um funcionário que processou o astro do pugilismo por maus-tratos.

Esporte