Topo

Inter estabelece critérios e não descarta novo técnico para fim do ano

do UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/10/2019 04h20

O Internacional estabeleceu, internamente, critérios para a contratação de um treinador. Caso consiga um profissional que se ajuste às especificações determinadas, pode ter um novo comandante para as 11 rodadas finais do Brasileiro. E, então, pensar com calma no cenário para 2020.

A investida em Eduardo Coudet não foi definitiva. Ainda que tenha recebido a recusa do argentino que comanda o Racing para assumir o time neste momento, o Colorado ouviu dele elogios ao projeto apresentado e manteve a esperança de contar com a contratação para o ano que vem.

Não está definido que Ricardo Colbachini, que comanda a equipe interinamente, permanecerá no cargo até o fim do ano. O departamento de futebol e a presidência estabeleceram critérios rigorosos e não descartam um novo profissional. Dependerá do andamento das negociações.

"Nosso movimento foi para trazer um técnico para agora, para dar segmento em 2020. Não foi possível. Estamos trabalhando com cenários e estudando possibilidades. Não dá para descartar, neste momento, vir um técnico até dezembro e depois aguardemos a possibilidade para 2020", disse o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano.

"Falei na outra vez que vim aqui dar coletiva que precisávamos ter cautela e critério justamente para não errar duas vezes. Para escolher o melhor caminho possível e não se arrepender daqui a algum tempo. Temos uma semana que permite os treinamentos, recuperação dos jogadores desgastados, e vamos seguir trabalhando", disse o diretor..

O Internacional pede calma. Ainda que a torcida esteja ávida por definições, a direção acredita que conseguirá determinar os passos seguintes do comando técnico apenas com tempo e trabalho.

Além de Coudet, que sinalizou positivamente para 2020, mas não possui um acordo assinado com o clube, Tiago Nunes e Roger Machado estiveram nos planos. Na Argentina, uma série de outros treinadores chegou a estar em pauta, como Ariel Holan, Jorge Almirón e Sebastián Beccacece.

Mas opções a curto prazo se apresentam poucas. Zé Ricardo ou mesmo Lisca são nomes que circulam nos bastidores do Beira-Rio. No entanto não há unanimidade sobre nenhum deles.

De folga nesta segunda, o elenco do Inter se reapresenta apenas na terça e inicia preparação para pegar o Bahia, sábado, pelo Brasileiro. Segundo informou o departamento de futebol vermelho, a tendência é que Ricardo Colbachini siga no comando interinamente nesta partida.

Esporte