PUBLICIDADE
Topo

Bebe Rexha fala sobre bipolaridade no tapete do Grammy e é apoiada por fãs

Bebe Rexha no clipe de Meant To Be - YouTube
Bebe Rexha no clipe de Meant To Be Imagem: YouTube
do UOL

Colaboração para o UOL

de São Paulo

27/01/2020 18h33

Durante sua passagem pelo tapete vermelho do Grammy, que aconteceu ontem, a cantora Bebe Rexha aproveitou o momento para falar sobre seu diagnóstico de transtorno de bipolaridade.

A artista foi diagnosticada em abril de 2019, e durante entrevista ao canal E!, ela afirmou que abordará o tema em seu próximo álbum. "Eu vou falar sobre tudo. Falo sobre como sou bipolar, mas é uma música pop então você não pode falar tudo. Falo sobre meus relacionamentos - coisas profundas", frisou.

Quando perguntada sobre qual seria sei maior medo, ela foi sincera: "Não ser boa o bastante, falhar, não pertencer", pontuou, afirmando em seguida que as músicas de seu próximo trabalho vão trazer detalhes de suas inseguranças e temores.

A declaração de Bebe Rexha ressoou entre seus fãs nas redes sociais, que apoiaram a decisão da artista de falar mais sobre seu diagnóstico. "Ela está dizendo que tem bipolaridade no tapete vermelho do Grammy diante de Deus sabe quantas pessoas, isso é muito. Estou tão orgulhosa dela, de verdade", disse um dos internautas. "Você é um ser humano excepcional e uma artista que ama e cuida dos seus fãs", comentou outro, fazendo questão de marcar a cantora.

Ontem, ela concorria a dois prêmios no Grammy: Melhor Artista Revelação e Melhor Performance de Grupo ou Dupla de Country por Meant to Be cantada com Florida Georgia Line. Ela acabou perdendo as duas categorias para, respectivamente, Billie Eilish e Dan + Shay.

Entretenimento