PUBLICIDADE
Topo

"Difícil seguir", diz Kevin Durant sobre a morte de Kobe Bryant

AP Photo/Chris Szagola
Imagem: AP Photo/Chris Szagola

29/01/2020 00h30

O jogador de basquete Kevin Durant, que atua no Brooklyn Nets, disse hoje que "é difícil seguir em frente agora", emocionado com a morte trágica do ídolo Kobe Bryant, astro do Los Angeles Lakers.

Bryant, um dos grandes nomes do basquete mundial, morreu no domingo aos 41 anos num acidente de helicóptero perto de Los Angeles, junto com a filha de 13 anos e outras sete pessoas.

"É difícil seguir em frente agora", disse Durant.

"Mas como comunidade do basquete, como mundo em geral, sei que todos estamos de luto e nos mantemos unidos quando se trata disso", acrescentou.

Durant, que está fora da temporada 2019-20 da NBA por conta de uma lesão, afirmou que "ainda é difícil processar isto (a morte de Kobe)".

"É uma tragédia. Entristeceu tantas pessoas no mundo", disse o jogador.

Ao ser perguntado como prestar homenagem ao pentacampeão da NBA, Durant disse que o melhor a fazer é que "todos os jogadores de basquete saiam e joguem o melhor que puderem a cada noite".

No total, Durant enfrentou Bryant 25 vezes em jogos da temporada regular e dois playoffs enquanto estava no Seattle-Oklahoma City.

Bryant e Durant foram companheiros de equipe no Dream Team que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

"Ter a oportunidade de competir contra Kobe e estar perto dele no espaço humano foi uma alegria, e essas emoções começam a surgir imediatamente", lembrou Durant.

"É difícil entender tudo isso. Tendo esse tempo e esses momentos com Kobe sempre significou seguir em frente, acho que é muito difícil fazer isso com o tamanho do impacto que teve sobre todos nós. Como competidor, você odiava jogar contra ele. Como pessoa que você amava estar perto dele", concluiu Durant.

Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero

UOL Esporte

Esporte