PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

'Só torcem para quem se vitimiza', diz ex-recordista de rejeição do BBB

Patrícia Leitte faz comentários polêmicos sobreo o "BBB" - Reprodução/Instagram
Patrícia Leitte faz comentários polêmicos sobreo o "BBB" Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/02/2021 20h14

Patrícia Leitte, ex-recordista de rejeição do "Big Brother Brasil", comentou hoje a eliminação de Karol Conká. Além disso, ela declarou que não ganhou o reality por que o público só torce "para quem se vitimiza".

"Quando fui eliminada, precisei enfrentar uma série de problemas de autoestima comigo mesma por ter sido tão rejeitada, é complicado, mas consegui transformar meus 'hates' em audiência. Meu cancelamento durou pouco porque tive humildade para reconhecer meus erros", iniciou Patrícia, em entrevista à Jovem Pan.

"Não sei se a Karol Conká terá o mesmo posicionamento. Meus erros acabaram me beneficiando já que, por mais que eu fosse a vilã, não me esqueceram até hoje. [Só] não ganhei o 'BBB' porque o público não torce por quem joga, mas sim por quem se vitimiza", continuou a ex-sister.

Ao falar sobre o suposto esquema de "blindagem" e orientação da Globo com Karol Conká, Patrícia teceu elogios à emissora.

"Acho importante que a Globo esteja tendo maior cuidado e respeito com a Karol. Quando eu deixei a casa, não recebi nenhuma orientação produção, não tive sequer o tempo do intervalo para avaliar o que dizer na despedida. Tiraram meu microfone e me jogaram para a boca do lobo. O que aconteceu comigo foi muito cruel e pesado", lembrou.

Patrícia Leitte carregou a coroa de mais rejeitada do "BBB" por três anos. A sister apenas perdeu o trono após a saída de Nego Di, que foi eliminado do "BBB 21" recentemente com 98,17% dos votos. Porém, como já se sabe, o humorista passou o posto rápido para Karol Conká, que saiu do reality essa semana com 99,17%.

Confira a entrevista na íntegra.

" width="560">

Entretenimento