Topo

Xuxa pede respeito aos índios e diz que não há tribo "rosa e azul" em show

Abertura do Xuxa Xow, em São Paulo

UOL Entretenimento
do UOL

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

17/08/2019 23h10

Quem se aproximava do Credicard Hall, em São Paulo, na noite de hoje, logo via os típicos comerciantes, mas, agora, eles seguravam faixas como o nome "Xuxa". Longas filas se formavam do lado de fora, e algumas pessoas vestidas com que pareciam soldados marcavam presença.

Não restava dúvida: a rainha estava no recinto, e seus súditos estavam vindo vê-la em seu Xuxa Xou. Os "soldados" no caso eram fãs vestidos como as famosas paquitas, assistentes de palco de Xuxa no começo de sua carreira. E eles vieram de todo lugar.

Os amigos Carol Campello, 43, José Sandro Vieira, 37, e Bianca Martins, 40, vieram de Recife e Pernambuco só para verem a sua rainha.

"Somos fãs desde a infância. A gente teve a infância com ela. E quando ela começou a fazer a turnê, a gente começou a frequentar. A Xuxa conquista todas as idades", diz Carol.

E realmente, quem olhava o público do show via um verdadeiro mix de gerações: de adultos até crianças bem jovens.

Cintia Ribeiro, 41, por exemplo, levou sua filha, Luiza, de 7 anos. "Eu era muito fã da Xuxa. A Luiza gosta da Xuxa. Ela gostou muito quando falei que íamos vir ao show. A gente gosta dela e a Luiza vê no Youtube e conhece. Ultrapassa gerações. Ela tem valores muito importantes, a gente faz questão que os filhos gostem dela", relata Cintia.

Alessandra Issa, 42, no Xuxa Xou - Guilherme Machado/UOL
Alessandra Issa, 42, no Xuxa Xou
Imagem: Guilherme Machado/UOL

Alessandra Issa, 42, que diz ser fã de Xuxa desde sempre, lamenta não ter levado sua filha ao show, sendo que a menina tem 4 anos e a idade mínima da atração era de 12 anos. "Ela já é louca pela Xuxa por minha causa. Inclusive o tem de dois anos dela foi da Xuxa", conta ela, que também estava vestida de paquita.

Já Juliana Bologna, 34, comprou pista premium para ver pela primeira vez sua rainha. "Eu e meu bebê. Estou de 7 [meses]. Ele já vai vir cantando ilariê. Passa de geração para geração, criancinha a vovó", vibra ela.

E realmente, bastou a nave de Xuxa surgir no palco que todas as gerações se uniram em coro, libertando seu baixinho interior, nas palavras da apresentadora. "Tô ficando velha, mas estou levando todo mundo comigo", disse a rainha à certa altura, recendo os gritos calorosos dos fãs.

Valeu Sampa, foi lindo!!! ?? #XuxaXou @bladmeneghel. Equipe X

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) em

Brincar com respeito

O setlist do Xuxa Xou contou com os maiores sucessos da apresentadora. O público enlouqueceu com temas como Giro do Planeta, Tô de Bem com a Vida e o hino Ilariê, que fez os espectadores de todas as idades pularem alto.

Era como se o Credicard Hall virasse uma grande festa de nostalgia. Até o clássico infantil Cinco Patinhos animou, com os presentes fazendo à risca a coreografia com os braços de Xuxa.

Mas a cantora e apresentadora também aproveitou para fazer algumas declarações políticas. Em um período em que se relata o aumento do desmatamento na Amazônia e ameaças a povos indígenas, Xuxa fez um apelo para que se respeite os povos e a natureza. "Vamos brincar, mas vamos respeitar a natureza", disse ela, enfatizando que vê a defesa aos índios como um tema atual, antes de cantar Brincar de Índio.

17.ago.2019 - Xuxa apresenta Xuxa Xou no Credicard Hall, em São Paulo - Manuela Scarpa/Brazil News
17.ago.2019 - Xuxa apresenta Xuxa Xou no Credicard Hall, em São Paulo
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Depois, ela defendeu que todos sejam uma só tribo, e criticou a rejeição à diferença. "Homem e mulher, homossexual e não, azul e rosa", disse ela, em frase que lembrou a da ministra da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares. Com a alfineta de Xuxa, a plateia vibrou.

O show encerrou com o clássico Lua de Cristal, a apresentadora agradeceu muito a presença de todos, que apreciam não querer o fim da noite.

"Fico muito emocionada quando vejo ela, a nave. Mexe com meu imaginário de criança, com minha carreira. Quem viveu essa época sabia [o sucesso]. A Xuxa é de verdade", disse Juliana Baroni, atriz e ex-paquita, que compareceu ao show e requebrou muito ao som das canções.

Depois, beijinho, beijinho, tchau, tchau. Todos foram saindo, ainda clamando os hinos da rainha.

Mais Entretenimento