Topo

Em dia histórico, Globo escala "trinca negra" para apresentar telejornais

Montagem/UOL/Reprodução/TV Globo
Zileide Silva, Thiago Oliveira e Maria Júlia Coutinho: "trinca negra" apresentou telejornais da Globo no mesmo dia Imagem: Montagem/UOL/Reprodução/TV Globo
do UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

2019-02-17T04:00:00

17/02/2019 04h00

A estreia de Maria Júlia Coutinho na bancada do "Jornal Nacional", ontem, coroou um dos sábados de maior representatividade da história da Globo. Pela primeira vez, a emissora escalou três apresentadores negros para comandarem telejornais no mesmo dia. Além de Maju, Thiago Oliveira e Zileide Silva ancoraram, respectivamente, "Globo Esporte" e "Jornal Hoje".

Zileide foi a primeira a dar bom dia ao público, antes mesmo do "Jornal Hoje". A experiente jornalista, que ancora o telejornal nas folgas de Sandra Annenberg e Dony de Nuccio, participou do "É de Casa" e interagiu com as apresentadoras Ana Furtado e Patricia Poeta. Bem-humorada, pediu três pedaços do bolo que as duas comiam, em referência ao meme dos "três reais" protagonizado por Ana e a artesã Raquel Amaral.

Reprodução/Instagram/thioliveiras
Thiago Oliveira e Zileide Silva se abraçam no estúdio do "Jornal Hoje" Imagem: Reprodução/Instagram/thioliveiras
Antes das 13h, Thiago Oliveira entrou no ar com a edição paulista do "Globo Esporte". No Grupo Globo desde 2014, o apresentador do bloco esportivo do "Hora 1" comandou o programa pela terceira vez como reserva de Ivan Moré. Ele ainda aproveitou para cumprimentar Zileide Silva no estúdio do "Jornal Hoje" antes de passar o bastão da programação da Globo.

À noite, foi ao ar a esperada estreia de Maju no "Jornal Nacional", confirmada pela Globo ao UOL na última quarta-feira. A apresentadora é a primeira negra a comandar o telejornal mais assistido do Brasil, país em que 54,9% da população se declara negra, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Reprodução/Instagram/rodrigobocardi
Maria Júlia Coutinho e Rodrigo Bocardi dividiram a bancada do "Jornal Nacional" Imagem: Reprodução/Instagram/rodrigobocardi
No "JN", Maria Júlia Coutinhou recebeu elogios de Tiago Scheuer, que a substituiu na previsão do tempo, e os parabéns do colega de bancada Rodrigo Bocardi. Quando os créditos subiram, ela comemorou com os colegas de redação e ganhou mais abraços e cumprimentos. A estreia da apresentadora foi o assunto mais comentado do Twitter. Muitos telespectadores pediram para a Globo escalar Heraldo Pereira, único negro da bancada do "JN", na próxima edição com Maju.

Reprodução/TV Globo
Diego é revistado pela polícia em "Verão 90" Imagem: Reprodução/TV Globo
Bônus: no mesmo dia da "trinca negra" no jornalismo, houve críticas ao racismo na dramaturgia. A novela "Verão 90" retratou a ação truculenta de dois policiais dentro de um ônibus contra Diego (Sérgio Malheiros), que se negou a ser revistado e disse que iria à faculdade. Na cena, foi possível dupla de PMs abordando somente passageiros negros. Eles liberaram o estudante ao ver que na mochila só havia livros. "Isso acontece toda hora", reclamou Diego para Dandara (Dandara Mariana).

Mais Entretenimento