PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Mais de 170 mortos no Iêmen devido às inundações registradas desde julho

12/08/2020 10h57

Sana, 12 Ago 2020 (AFP) - Pelo menos 172 pessoas morreram no Iêmen desde meados de julho devido às inundações, segundo fontes oficiais e rebeldes, que controlam o norte do país.

Muitas infraestruturas e monumentos históricos incluídos na lista de patrimônio da Unesco foram danificados pelas águas torrenciais, segundo esta agência da ONU.

As mortes são registradas principalmente na região de Marib, ao leste de Sanaa, a capital, e em Lahaj, ao sul.

Além disso, várias famílias que viviam precariamente em tendas de campanha perderam seus alimentos e seu abrigo devido às chuvas torrenciais.

Segundo autoridades do governo, o saldo de mortos e feridos pode continuar aumentando já que há regiões que ainda estão isoladas devido às inundações.

De acordo com os serviços meteorológicos, as chuvas continuarão nos próximos dias.

O país já vive uma crise humanitária muito grave devido à guerra desde 2016 entre os rebeldes e o governo. Este conflito causou dezenas de milhares de mortes e milhões de deslocados.

bur-faw-sy/mh/elm/bl/mb/aa

Notícias