Topo

Nordeste passa 24 horas sem novos casos de óleo e retira 200 t de material

Mancha de óleo na praia do Pontal do Peba, vizinha à foz do rio São Francisco em Alagoas - Simone Santos/ Projeto Praia Limpa
Mancha de óleo na praia do Pontal do Peba, vizinha à foz do rio São Francisco em Alagoas Imagem: Simone Santos/ Projeto Praia Limpa
do UOL

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

15/10/2019 16h30

Resumo da notícia

  • Força-tarefa que acompanha contaminação de praias não registrou novos casos hoje
  • Óleo retirado de praias já acumula 200 toneladas desde setembro
  • Segundo o Ibama, 166 localidades foram atingidas em 72 municípios

A força-tarefa federal que acompanha o aparecimento de óleo em praias do Nordeste informou que não foram registrados aparecimentos de novas manchas no litoral hoje.

Até o dia 13, 166 localidades foram atingidas em 72 municípios. Segundo balanço do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) de ontem à noite, os últimos registros ocorreram no domingo em quatro praias de Alagoas e uma da Bahia. Entretanto, ontem à noite, o Instituto Biota informou que manchas apareceram em Porto de Pedras, em Alagoas.

Caso se confirme a informação sobre as manchas de hoje, será a primeira vez, desde o último dia 6, que não surgem novos casos num período de 24 horas.

Biólogos tentam limpar óleo de tartarugas contaminadas no Nordeste

UOL Notícias

Segundo os dados da força-tarefa, foram retiradas 200 toneladas do material desde o início de setembro.

O Grupo de Acompanhamento e Avaliação do incidente é composto por Marinha, Ibama e ANP (Agência Nacional do Petróleo). As equipes ainda permanecem mobilizadas para monitoramento e limpeza de resíduos remanescentes.

Notícias