PUBLICIDADE
Topo

A vida e a carreira da gaúcha Julia Lemmertz em 11 fatos

Colaboração para o BOL

18/03/2019 08h00

Julia Lemmertz completa 56 anos nesta segunda-feira (18/3/2019)! A pisciana, que é filha de um casal de atores, nasceu no Sul do país, mas se sente paulista, saiu em defesa do ex-marido Alexandre Borges após ele protagonizar um vídeo polêmico e ainda acredita que sua relação com o neto pode ser um reencontro de outras vidas. Confira mais sobre a vida e a carreira dessa famosa atriz.

  • Reprodução/Instagram

    Filha de atores

    Julia Lemmertz é filha do casal de atores Lineu Dias e Lilian Lemmertz (à direita). Por isso, as artes nunca foram distantes de sua realidade. Ela acompanhava os genitores em bastidores de filmes, peças e novelas. Coruja, a mãe acompanhou de perto a estreia da herdeira no teatro, chorando de emoção na plateia, segundo a própria Julia garantiu em entrevista ao programa Persona em Foco

  • J.Humberto/AgNews

    Raízes

    Ao falar com o programa Persona em Foco, Julia, que nasceu em Porto Alegre, relembrou suas andanças pelo país e a ida para São Paulo, explicando suas influências culturais. "Os meus pais vieram com o Walmor [Chagas] e a Cacilda [Becker] fazer teatro. Apesar de me sentir mais paulista num certo sentido, porque eu fui criada aqui em São Paulo, a minha raiz continua sendo o Rio Grande do Sul, que é muito importante para mim", afirmou

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Talento mirim

    Julia Lemmertz fez sua estreia como atriz já nas telonas do cinema! Aos cinco anos, ela apareceu ao lado da mãe, Lilian, no filme "As Amorosas", de 1968. A partir daí, o gosto pela atuação apenas cresceu. No teatro, sua primeira peça foi em "Lição de Anatomia" (1982), na qual também foi acompanhada de pertinho pela genitora - dessa vez, da plateia

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Na TV

    A estreia na televisão aconteceu em 1981, na novela "Os Adolescentes", da TV Bandeirantes. No ano seguinte, esteve em "Ninho da Serpente" e, em 1983, marcou presença na emissora pela última vez em "Sabor de Mel". Ainda em 1983, estreou na Globo com a minissérie "Moinhos de Vento"

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Sucessos

    Os trabalhos foram se sucedendo na vida de Julia Lemmertz e ela acabou deixando a sua marca em tramas como "Amor com Amor se Paga" (1984), "Tenda dos Milagres" (1985), "Mania de Querer" (1986), "Carmem" (1987), "Kananga do Japão" (1989), "Mãe de Santo" (1990), "Quem é Você" (1996), "Andando nas Nuvens" (1999), "Porto dos Milagres" (2001), "O Beijo do Vampiro" (2002), "Alma Gêmea" (2005), "JK" (2006), "Amazônia - de Galvez a Chico Mendes" (2007), "Tudo Novo de Novo" (2009), "Celebridade" (2013), "Em Família" (2014), entre outras. Já no cinema, conquistou prestígio por sua atuação em filmes como "As Aventuras de Mário Fofoca" (1982), "Lua de Cristal" (1990), "Amor Materno" (1993), "Até Que a Vida Nos Separe" (1999), "Amor que Fica" (1999), "Poeta de Sete Faces" (2002), "Acquária" (2003), "As Três Marias" (2003), "Meu Nome Não é Johnny" (2008), "Do Começo ao Fim" (2009) e "Amor?" (2011)

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Primeiro casamento

    Antes de Alexandre Borges, seu relacionamento mais conhecido, Julia Lemmertz foi casada com o executivo da Globo Álvaro Osório. Eles ficaram juntos de 1987 a 1990 e tiveram uma filha, Luíza (à direita), que além de ser a primogênita de Julia também seguiu a carreira da mãe. Na imagem, a herdeira mais velha aparece ao lado do irmão, Miguel, fruto de outro relacionamento da atriz

  • Reprodução/Felipe Panfili, Felipe Assumpção e Leo Marinho/AgNews

    Amor em cena

    Ao atuar com Alexandre Borges em 1993, na novela "Guerra Sem Fim", da Manchete, Julia Lemmertz engatou um romance de bastidores que evoluiu para um duradouro casamento de 22 anos. Juntos, eles tiveram um filho, Miguel, e ainda voltaram a contracenar como um casal de ficção na trama global "Celebridade", de 2003

  • Alex Palarea / AgNews

    Separação

    Em 2015, Julia Lemmertz e Alexandre Borges anunciaram a separação, depois de 22 anos juntos. "Foi uma vida que passamos juntos. Nos falamos hoje o dia todo. Gosto muito dela, mas estamos realmente separados. Resolvemos cada um ficar na sua", disse o ator ao Extra um dia após a mídia divulgar o rompimento. Já a atriz, embora tenha levado mais tempo para se pronunciar sobre o assunto, fez questão de destacar: "Tudo isso é um processo, uma fase de mudança. Estou me ouvindo mais, para deixar a coisa se assentarem e ver que relação é essa que irá se formar. Porque o Alexandre sempre será uma pessoa importantíssima, um amor para o resto da vida. Não é ex nada. É o amor que mudou de configuração, e a gente vai descobrir que configuração é essa. Não sei bem qual vai ser", disse à revista 29 Horas, em 2016

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Polêmica do ex

    No mesmo ano que Julia e Alexandre se separaram, ele apareceu em um vídeo ao lado de travestis: "Eu fecho com o Alê. Achei sacanagem. Ninguém tem nada a ver com a vida dele. Não dá mais para tomar um porre ou dançar até cair que alguém vai filmar e pôr na internet. Isso não é vida", afirmou a atriz, saindo em defesa do ex em entrevista à colunista Marina Caruso, do jornal O Globo

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Vidas passadas

    Julia falou ao F5 sobre as suas personagens na novela "Espelho da Vida", em que interpreta Piedade no núcleo da década de 1930 e Ana, o mesmo espírito que vive nos dias atuais. "Eu penso que, talvez, seja muito pouco provável que uma vida só dê conta de tudo que a gente tem para viver. Tem tanta coisa que a gente lê, pesquisa e que dão pistas de que isso aqui realmente é só uma passagem", ponderou. Na conversa, de novembro de 2018, ela citou a sua vivência com o neto Martim (foto), de então um ano: "Eu tenho um amor tão profundo por ele que falo: 'Gente, esse menino eu já encontrei, isso aqui é um reencontro'. É uma coisa tão louca, tão profunda. Eu entendo ele, e sei que ele me entende. Não é só amor de avó com neto, é uma ligação"

  • Reprodução/Instagram @lemmertzju

    Religião

    Apesar de atuar em uma novela espírita e enxergar a conexão de vidas passadas com o neto, Julia se definiu ao F5 como uma pessoa "um pouco católica", que faz meditação há mais de 30 anos e que se identifica muito com o budismo. "Eu acho que Deus é natureza, Deus está em todas as coisas e está dentro da gente também. O exercício da religião e da fé é diário. É o contato mais profundo que a gente tem com tudo: com o cosmos, com a natureza, com os animais, com outros seres humanos"

Listas