PUBLICIDADE
Topo
Listas

Listas

De elétrico da VW a SUV da Toyota: 9 destaques do Salão de Xangai

do UOL

Rodrigo Lara

Do UOL, em São Paulo

18/04/2021 04h00

Segundo maior evento automotivo da China, que por sua vez é o maior mercado consumidor do mundo, o Salão de Xangai abre suas portas no próximo 21 de abril e deverá refletir a grande tendência do momento na indústria automotiva, com a presença de diversos modelos elétricos.

Marcas como Honda, BMW, Audi, Mercedes-Benz, Ford, Nissan e Toyota estão cotadas para levar novidades do gênero para o salão chinês. E, ainda que boa parte dos carros apresentados sejam voltados ao mercado local, há lançamentos mundiais com chances de chegarem ao Brasil.

Confira algumas dessas novidades.

  • Reprodução

    SUV elétrico da Toyota

    A marca japonesa levará ao salão chinês um SUV (ou um crossover) elétrico com porte parecido ao do RAV4. Ainda sem nome definido, esse carro foi desenvolvido em parceria com a Subaru - e assim como aconteceu com o Toyota GT86 e o Subaru BRZ, também originará um modelo irmão, que poderá ter o nome de Evoltis.

    Ainda há poucos detalhes sobre a novidade, mas o que se sabe é que ela usará uma plataforma dedicada a carros elétricos - o que tende a originar outros modelos -, baterias com capacidade entre 50 e 100 kW e possibilidade de utilizar motores tanto no eixo dianteiro quanto no traseiro.

  • Honda

    Honda com dupla de híbrido e elétrico

    A Honda terá dois modelos em destaque no salão chinês, mas tem se esforçado - e com sucesso - para manter segredo. Tudo que a fabricante revelou é que um deles será um protótipo totalmente elétrico, enquanto o outro será um híbrido plug-in.

    No primeiro caso, a aposta é que seja uma versão mais próxima do modelo de produção do SUV e:concept, que foi mostrado no Salão de Pequim de 2020. Já sobre o híbrido, a informação é que será uma estréia mundial e, portanto, com chances de aparecer em vários mercados.

  • Divulgação

    Citroën leva o CX-5

    Após seis anos de vendas em queda na China, a Citroën pretende virar o jogo com o crossover CX-5, destaque da marca no salão. O carro segue a identidade visual da montadora e tem visual "acupezado".

    Além de versão puramente a combustão, o modelo também deverá ter variantes híbridas plug-in. Previsto, por ora, para os mercados chinês e europeu, ele bem que poderia ser lançado no Brasil e, assim, trazer mais opções à linha da fabricante por aqui.

  • Divulgação

    Audi expande linha de elétricos

    Outra fabricante que aposta no mistério é a Audi, mas há fortes indícios de que a fabricante alemã usará seu espaço no evento para mostrar um novo modelo da sua linha de elétricos e-tron.

    Uma das apostas é a de que esse carro seria algo próximo em tamanho do A5 Sportback, a ser lançado em 2023. Na prática, tudo que foi mostrado até agora foi um teaser em forma de arte conceitual do modelo.

  • Divulgação

    BMW terá iX elétrico

    O destaque do estande da BMW deverá ser o iX, uma SUV elétrico de porte próximo ao do X7 e que foi antecipado pelo conceito Vision iNext.

    A boa notícia para os brasileiros é que a novidade não deverá ficar restrita além de nossas fronteiras. Ainda sem data exata de estreia, o modelo tem como destaque a autonomia de 600 km.

  • Divulgação

    Ford apresenta crossover médio

    Além de mostrar a versão chinesa Mustang Mach-E (que, apesar do nome, não é um cupê esportivo, mas sim um crossover), a Ford também deverá usar o evento para mostrar ao mundo um crossover médio.

    O modelo, que deverá integrar a linha da fabricante em vários mercados, estreará uma nova identidade visual e plataforma. Como a fabricante tem atuado no Brasil apenas com veículos importados, há chances da novidade desembarcar por aqui.

  • Divulgação

    Mercedes-Benz leva Classe B elétrico

    Depois de revelar o novo EQS, a Mercedes-Benz planeja expandir sua linha de veículos elétricos com o EQB. Ao contrário do EQS, o modelo foi concebido para ser uma versão elétrica de um carro já em linha, o GLB.

    Além dele, outro destaque da fabricante será o novo cupê CLS, que estreou no final do ano passado. E não seria surpresa nenhuma se a fabricante também levasse ao estande o EQS, afinal a China - país onde a marca mais vende o Classe S - é um mercado onde o carro deverá bombar.

  • Reprodução

    Lexus aposta em novo ES

    Divisão de luxo da Toyota, a Lexus levará ao evento de Xangai uma reestilização do sedã ES, que concorre no mercado com BMW Série 5 e Mercedes Classe E.

    Além de mudanças no visual, há boas chances de haver pequenas novidades para atualizar a parte mecânica do modelo, ainda que ele deva continuar apenas com versões a combustão e híbrida.

  • Divulgação

    Volkswagen ID.6 mostra a cara

    SUV de grande porte, o ID.6 é um dos destaques do estande da Volkswagen em Xangai.

    Inicialmente o modelo, que tem porte de Touareg, deverá ser vendido apenas no mercado chinês, mas há possibilidades de ele cruzar o Pacífico e aparecer nos Estados Unidos.

Listas