PUBLICIDADE
Topo
Listas

Listas

Voltswagen não é a 1ª: lembre outras marcas que trolaram no dia da mentira

"Projeto Esparta" da Aston Martin - Divulgação
"Projeto Esparta" da Aston Martin Imagem: Divulgação
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

01/04/2021 19h52

A piada antecipada de 1º de abril da Volkswagen certamente foi uma das histórias que mais movimentaram o noticiário automotivo nos últimos tempos. A troca mentirosa de nome para "Voltswagen" nos Estados Unidos gerou polêmica e foi criticada por muitos, mas, se a marca queria espaço nos noticiários, conseguiu.

Isso faz lembrar de outras vezes que montadoras utilizaram a data (e não seus dias antecedentes) para provocar risadas do público com brincadeiras divertidas.

Recordamos dez aqui:

Montadoras no dia da mentira

  • Vauxhall Astra da Copa do Mundo do Brasil

    A Vauxhall tentou enganar a internet com uma edição especial do Astra da Copa do Mundo do Brasil em 2014. O modelo vinha com uma imagem de um jogador de futebol, as cores do Brasil e "Copacabana" do lado. Em cima havia uma bandeira brasileira gigante. Mas por dentro é que a brincadeira ficava "punk", com assentos forrados de grama e chão de areia.

  • Falência da Tesla

    Com a fabricação do Model 3 atrasando, Elon Musk aproveitou o momento para brincar com a situação de sua empresa. Ele disse em uma foto no Twitter que estava pedindo falência. "A Tesla vai à falência em Palo Alto, Califórnia, 1 de abril de 2018 ? Apesar dos esforços intensos para arrecadar dinheiro, incluindo uma venda em massa de ovos de Páscoa de última hora, estamos tristes em informar que a Tesla está completa e totalmente falida. Tão falida que vocês não podem acreditar".

  • Carro hipster da MINI

    Em 2016, a MINI se aproveitou da onda hipster e trouxe a "estreia mundial do MINI Hipster hatch". O modelo tinha "janelas de filtros do Instagram", "um toca-fitas de dois andares" e "estofamento de calça jeans surrada". Havia também um sistema de transmissão de engrenagem fixa para o carro funcionar como uma bicicleta retrô.

  • McLaren 570GT com penas

    A marca britânica inventou em 2017 que estava disponibilizando uma versão do McLaren 570GT com 10 mil penas instaladas no modelo. A opção levava mais de 300 horas para ser concluída, e a montadora britânica afirmou que apenas 2,5 kg eram adicionados ao peso do carro.

  • Audi movido a mel

    O 1º de abril de 2019 teve brincadeira da Audi, que tirou uma com a mudança do mercado atual cada vez mais para motores sem emissões de carbono. A empresa afirmou que construiu um carro movido a mel, chamado b-tron. Os recursos incluíam uma tampa de combustível hexagonal e até uma torradeira a bordo. Chefe do projeto, Imker Honig disse que a montadora teve problemas nos testes: "os primeiros protótipos tendiam a atrair um grande número de abelhas, normalmente em torno da tampa de combustível hexagonal."

  • O Dacia "Sundero"

    Usando o fato de que a população no Reino Unido tem em média apenas 1.440 horas de sol ao ano, a Dacia tentou ajudar quem busca salões de bronzeamento. A marca comunicou em 1º de abril de 2017 que equiparia o Sandero com tecnologia de bronzeamento UV, com assentos podendo ser convertidos em espreguiçadeiras. Eram oferecidos óculos especiais com a versão.

  • Projeto Esparta da Aston Martin

    Em 2018, a Aston Martin disse que faria um monster truck. Batizado de "Projeto Esparta", a empreitada seria levada ao lado da equipe do Mundial de Endurance. O carro teria um motor V12 de 1.100 cv e competiria no campeonato Monster Jam, nos Estados Unidos.

  • Encosto de cabeça com cancelamento de som da Skoda

    A marca tcheca apresentou a tecnologia QuarrelKancel em 2018. Seu foco eram pais estressados com o barulho dos filhos no banco traseiro, assim um novo encosto de cabeça com cancelamento de ruído estaria disponível para o Skoda Karoq. A marca disse que o projeto era uma criação de seu Chefe de Relações Familiares, Professor Si Lence, e do e líder de Projetos Especiais, Dr. April Fürst.

  • Pneus para pintura de estradas da MG

    Em 2019, a MG anunciou que estaria vendendo pneus revestidos com uma tinta solúvel em água que poderiam pintar a estrada enquanto o carro anda. A tinta se apagaria logo em seguida. De acordo com a marca não haveria problemas de segurança, já que os testes haviam sido vencidos com "louvor".

  • Ponto de carregamento remoto da Land Rover

    A Land Rover usou o 1º de abril em 2019 para dizer que havia instalado um ponto de carregamento para o Range Rover P400e no topo de uma montanha após uma trilha de 24 km na Ilha de Skye, na Grã-Bretanha. Carregando o carro no local por 2h e 45min, os aventureiros poderiam curtir a vista antes de retornar. Era mentira, claro, mas a marca aproveitou para anunciar que todos os seus modelos teriam versões eletrificadas - o que era verdade.

Listas