PUBLICIDADE
Topo
Listas

Listas

Carros superesportivos: quais são os modelos à venda no Brasil

Mustang Mach 1 acaba de desembarcar no país por R$ 499 mil - Divulgação
Mustang Mach 1 acaba de desembarcar no país por R$ 499 mil
Imagem: Divulgação
do UOL

Vitor Matsubara

Colaboração para o UOL, de São Paulo (SP)

21/06/2021 15h43

Não é qualquer carro que entra para o seleto grupo dos superesportivos.

Desenvolvidos para acelerar, eles superam facilmente a casa dos 300 cv. Resultado disso está no tempo necessário para ir de 0 a 100 km/h: na maioria dos casos, essa prova é realizada em menos de cinco segundos.

Fora o desempenho acima da média, os modelos se destacam pelo visual invocado. Afinal de contas, um superesportivo precisa virar o centro das atenções por onde passa.

UOL Carros separou uma lista com todas as opções à venda no país. Importante ressaltar que consideramos apenas projetos feitos para serem superesportivos desde o princípio.

Assim, ficaram de fora desta seleção as versões mais potentes de automóveis "convencionais", como BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C e até Renault Sandero, apenas para alguns exemplos.

Carros superesportivos à venda no Brasil

  • Murilo Góes/UOL

    Audi R8 V10

    O R8 ficou conhecido mundialmente após participar do filme ?Homem de Ferro?. O superesportivo foi lançado em 2006 e rapidamente ganhou fama mundial. O modelo atual é uma reestilização da segunda geração, que estreou em 2015.

    No Brasil, o R8 repaginado estreou no segundo semestre de 2020. Disponível em versão única, ele vem com o possante motor 5.2 V10 de 610 cv. Além do estilo único, as opções de personalização chamam atenção. São 10 variedades de cores de carroceria, três de pinças de freio (vermelha, cinza ou azul); quatro tipos de capas de retrovisor, três cores para saias laterais, spoiler dianteiro e molduras do difusor e cinco variedades de side blades. Por dentro, o cliente pode escolher entre 18 tipos de revestimentos de bancos e opções de soleiras, molduras, console central e revestimento do teto.

    Motorização: 5.2 V10

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 610 cv

    Torque máximo: 57,1 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 3,2 s

    Velocidade máxima: 330 km/h

    Preço: R$ 1.459.990

  • Divulgação

    Chevrolet Camaro

    O arquirrival do Ford Mustang desembarcou no país em 2009. A última novidade da geração atual foi uma reestilização frontal recém-lançada por aqui. Sob o longo capô fica um 6.2 V8 de 461 cv, que leva o carro de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos.

    O Camaro é importado para cá nas carrocerias cupê e conversível. Ambas são mais baratas do que o Mustang. Bem equipadas, as versões saem de fábrica com itens como seletor de modos de condução, central multimídia com internet 4G e Wi-Fi e espelho retrovisor interno com câmera embutida.

    Motorização: 6.2 V8

    Câmbio: automático de 10 marchas

    Potência: 461 cv

    Torque máximo: 62,9 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 4,2 s

    Velocidade máxima: 250 km/h

    Preço (em SP): R$ 403 mil (cupê) / R$ 451.300 (conversível)

  • Divulgação

    Ferrari F8 Tributo

    A F8 Tributo desembarcou no Brasil em 2020. O superesportivo é movido por um motor 3.9 V8 biturbo, que entrega 720 cv.

    Frente à antecessora 488 GTB, a F8 teve a aerodinâmica aprimorada em 10%, um incremento de 15 cv no motor e redução de 40 kg no peso total.

    Motorizações: 3.9 V8

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 720 cv

    Torque máximo: 78,5 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 2,9 s

    Velocidade máxima: 340 km/h

    Preço: R$ 3.500.000

  • Divulgação

    Ferrari SF90

    Existe pouquíssimas unidades da SF90 rodando no país. Também, não é para menos: o bólido sai por astronômicos R$ 6,9 milhões - e pode ficar ainda mais caro se o dono quiser personalizar o veículo.

    Quem desembolsa esta pequena fortuna leva em troca uma máquina de primeira linha. O motor 4.0 biturbo que rende 780 cv a 7.500 rpm a três elétricos que juntos entregam 220 cv (162 kW). O total combinado é de 1.000 cv e 81,5 mkgf. São dois motores elétricos no eixo dianteiro e o terceiro acoplado entre o motor e o câmbio automatizado de dupla embreagem.

    Motorizações: 4.0 V8 biturbo e três motores elétricos

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 8 marchas

    Potência: 1.000 cv

    Torque máximo: 81,5 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 2,5 s

    Velocidade máxima: 340 km/h

    Preço: R$ 6.900.000

  • Divulgação

    Ford Mustang Mach 1

    A geração atual do Ford Mustang estreou no Brasil em 2018. De lá para cá, o carro vendeu cerca de 1.700 unidades, que lhe renderam a liderança dos esportivos premium. Esse domínio deve crescer ainda mais com a estreia da nova versão Mach 1.

    Inspirado no homônimo da década de 1960, o carro traz mais do que um belo design. O motor 5.0 V8 Coyote recebeu melhorias para entregar 483 cv, ou 17 cv a mais do que antes. Várias peças vieram das versões mais invocadas do Mustang: enquanto o coletor de admissão e o corpo das borboletas foram herdados do GT 350, escapamento e difusor traseiro são do mítico Shelby GT 500.

    Motorização: 5.0 V8

    Câmbio: automático de 10 marchas

    Potência: 483 cv

    Torque máximo: 56,7 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 4,3 s

    Velocidade máxima: 250 km/h

    Preço (em SP): R$ 499 mil

  • Divulgação

    Jaguar F-Type

    O Jaguar F-Type foi lançado por aqui em 2014 e sua reestilização chegou ao nosso país em 2020. As linhas sedutoras não escondem a inspiração no E-Type, um dos maiores ícones da história da Jaguar. Assim como o Camaro, o F-Type é trazido para o Brasil nas carrocerias cupê e conversível. São duas opções de motorização: 2.0 turbo de quatro cilindros em linha e 3.0 V6. A lista de equipamentos inclui itens como ar-condicionado digital, faróis full LED, aerofólio traseiro ativo, painel digital e sistema de som Meridian.

    Motorizações: 2.0 turbo / 3.0 V6

    Câmbio: automático de 8 marchas

    Potência: 300 cv (2.0) / 380 cv (V6)

    Torque máximo: 40,8 kgfm (2.0) / 46,9 kgfm (V6)

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 5,7 s (2.0) / 4,9 s (V6)

    Velocidade máxima: 250 km/h

    Preço (em SP): de R$ 491.950 (R-Dynamic Coupé 2.0) a R$ 661.950 (R-Dynamic Cabrio 3.0 V6)

  • Vitor Matsubara/UOL

    Lamborghini Aventador SVJ

    Lançado em 2011, o Aventador ainda é um dos modelos mais desejados da Lamborghini. Sucessor do Murciélago, ele segue como o carro mais sofisticado e veloz da marca italiana.

    O grande destaque é a versão SVJ, que traz ainda mais potência no motor 6.5 V12 (são 770 cv, ou 70 cv a mais do que a versão 'normal') e vários detalhes em fibra de carbono, tanto do lado de fora quanto na cabine.

    Motorizações: 6.5 V12

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 770 cv

    Torque máximo: 70,4 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 2,9 s

    Velocidade máxima: 350 km/h

    Preço: n/d

  • Lamborghini Huracán

    Apresentado em 2014, o Huracán teve a dura missão de aposentar o badalado Gallardo. Para tanto, a Lamborghini despejou todo seu conhecimento no projeto. O bólido traz um motor 5.2 V10 de 640 cv.

    A última novidade foi o Huracán Evo. Baseado na versão Performante, ele pode vir com itens como eixo traseiro direcional, sistema de vetorização de torque e amortecedores magnéticos.

    Motorizações: 5.2 V10

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 640 cv

    Torque máximo: 61,2 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 2,9 s

    Velocidade máxima: 325 km/h

    Preço: n/d

  • Divulgação

    McLaren 720S

    Os modelos 720 são, atualmente, os mais potentes vendidos pela McLaren no país. Com 720 cv extraídos do motor 4.0 V8 biturbo, o superesportivo acelera de 0 a 100 km/h em menos de três segundos.

    O carro é trazido pelo grupo Eurobike, representante oficial da marca, nas carrocerias Coupé e Spider.

    Motorizações: 4.0 V8 biturbo

    Câmbio: automatizada de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 720 cv

    Torque máximo: 64,2 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 2,9 s

    Velocidade máxima: 341 km/h (Coupé) / 325 km/h (Spider)

    Preço: R$ 3.500.000 (Coupé) / R$ 3.900.000 (Spider)

  • Divulgação

    McLaren GT

    O GT (sigla para "Grand Tourer") foi feito para ser um supercarro do dia-a-dia. É por isso que ele traz soluções voltadas para o conforto e acabamento altamente sofisticado. Até o porta-malas foi pensado pra quem curte realizar viagens: são dois compartimentos com capacidade total de 570 litros.

    Equipado com um motor 4.0 V8 biturbo de 628 cv, o GT precisa de 3,2 segundos para ir de 0 a 100 km/h. Algumas soluções vieram das pistas, como o monocoque feito de fibra de carbono.

    Motorizações: 4.0 V8 biturbo

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 628 cv

    Torque máximo: 64,2 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 3,2 s

    Velocidade máxima: 326 km/h

    Preço: R$ 2.400.000

  • Divulgação

    Mercedes-AMG GT C Roadster

    A versão sem teto do AMG GT encanta pelo estilo clássico. O longo capô remete aos antigos conversíveis dos anos 50 e 60. Debaixo dele fica um 4.0 V8 biturbo de 557 cv, que leva o carro de 0 a 100 km/h em menos de quatro segundos.

    O AMG GT C Roadster traz capota com acionamento elétrico, que pode ser recolhida ou montada em 11 segundos. A seleção dos modos de condução é feita por meio de um botão giratório que fica no console central.

    Motorizações: 4.0 V8 biturbo

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 7 marchas

    Potência: 557 cv

    Torque máximo: 69,3 kgfm

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 3,7 s

    Velocidade máxima: 316 km/h

    Preço (em SP): R$ 1.875.900

  • Divulgação

    Porsche 718

    A linha de esportivos ?de entrada? honra a tradição da Porsche. Os 718 Boxster (roadster) e Cayman (cupê) são fiéis à essência dos antigos bólidos, que tinham dimensões compactas, baixo peso e motorização central-traseira. Boxster e Cayman são vendidos em duas motorizações. A mais potente delas é a 4.0 aspirada presente nas versões GTS (de 400 cv) e GT4 (com 420 cv).

    Motorizações: 2.0 turbo / 2.5 turbo / 4.0 aspirado

    Câmbio: automatizado de 7 marchas / manual de 6 marchas

    Potência: 300 cv (2.0) / 350 cv (S 2.5) / 400 cv ou 420 cv (4.0)

    Torque máximo:38,7 kgfm (2.0) / 42,8 kgfm (S 2.5) / 42,8 kgfm ou 43,8 kgfm (4.0)

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 4,9 s (2.0) / 4,2 s (S 2.5) / 4 s (GTS) / 3,9 s (GT4)

    Velocidade máxima: 275 km/h (2.0) / 285 km/h (S 2.5) / 288 km/h (GTS) / 302 km/h (GT4)

    Preço (em SP): de R$ 439 mil (Cayman) a R$ 689 mil (Boxster Spyder)

  • Divulgação

    Porsche 911

    Poucos carros são tão icônicos como o Porsche 911. Apresentado no fim de 1964, ele se modernizou ao longo das décadas sem perder a essência. Prova disso está em sua concepção com motor boxer instalado na traseira, inalterada desde a primeira geração.

    O 911 atual está disponível no Brasil nas versões Carrera, Carrera S, Turbo, Turbo S e GT3. Todas elas são vendidas nas carrocerias cupê e cabriolet, com exceção da GT3. Esta última traz muitos elementos vindos das pistas, além de um motor 4.0 de 510 cv. A versão mais potente, porém, é a Turbo S: são 650 cv.

    Motorizações: 3.0 biturbo (Carrera) / 3.8 biturbo (Turbo e Turbo S) / 4.0 biturbo (GT3)

    Câmbio: automatizado de dupla embreagem com 8 marchas / automatizado de dupla embreagem com 7 marchas (GT3)

    Potência: 385 cv (Carrera) / 450 cv (Carrera S) / 580 cv (Turbo) / 650 cv (Turbo S) / 510 cv (GT3)

    Torque máximo:45,9 kgfm (Carrera) / 54 kgfm (Carrera S) / 76,5 kgfm (Turbo) / 81,6 kgfm (Turbo S) / 47,9 kgfm (GT3)

    Aceleração de 0 a 100 km/h: 5,7 s (2.0) / 2,8 s (Turbo) / 2,7 s (Turbo S) / 3,4 s (GT3)

    Velocidade máxima: 250 km/h (Carrera) / 320 km/h (Turbo) / 330 km/h (Turbo S) / 318 km/h (GT3)

    Preço (em SP): de R$ 689 mil (Carrera) a R$ 1.509.000 (Turbo S Cabriolet)

Listas