PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

8 tecnologias de "carros de rico" que se popularizaram em modelos "comuns"

Antiga exclusividade de modelos mais caros, equipamentos como o estacionamento automático chegam a carros mais acessíveis - Divulgação
Antiga exclusividade de modelos mais caros, equipamentos como o estacionamento automático chegam a carros mais acessíveis Imagem: Divulgação
do UOL

Rodrigo Lara

Do UOL, em São Paulo

13/04/2021 04h00

Quem já teve a oportunidade de andar em carros luxuosos sabe bem que, em alguns momentos, você parece estar em uma nave espacial, com uma profusão de telas, luzes e, claro, tecnologias que tornam a vida de quem dirige - e também dos passageiros - mais cômoda e também segura.

Ainda que algumas tecnologias mais avançadas sejam restritas a quem possui uma conta recheada e disposição para investir centenas de milhares de reais em um veículo, diversos itens considerados "de outro mundo" desembarcaram em modelos "comuns" nos últimos anos.

Abaixo listamos alguns deles. Confira!

  • Vitor Matsubara/UOL

    ABS e ESP

    A "sopa de letrinhas" que era padrão de modelos luxuosos ou importados se tornou obrigatória no Brasil na última década. Primeiramente foram os freios ABS, que incorporam sensores ao sistema e evitam o travamento das rodas em caso de frenagem brusca, garantindo que o motorista mantenha o controle direcional do carro e não se torne um mero passageiro de veículo desgovernado.

    Mais recentemente, em 2020, foi a vez do ESP, popularmente conhecido como controle de estabilidade. Essa solução é capaz de detectar a perda de aderência do veículo e aplica, automaticamente, pressão nos freios das rodas individualmente, mantendo o carro sob controle.

    Inicialmente, o dispositivo precisa estar presente em carros totalmente novos vendidos no país desde o último ano (sem contar reestilizações e novas versões de modelos já existentes). A partir de 2022, no entanto, todos os carros fabricados no país, sejam eles modelos inéditos ou não, precisam contar com a tecnologia.

  • Divulgação

    Central multimídia

    Há alguns anos, quem queria ter uma central multimídia no carro precisava recorrer a modelos de marcas de acessórios, já que a maioria dos veículos vinha, no máximo, com um rádio no centro do painel.

    Isso mudou consideravelmente nos últimos tempos e mesmo modelos com apelo mais popular, como o Fiat Mobi, contam com o dispositivo pelo menos entre seus opcionais.

    E engana-se quem pensa que esses sistemas são apenas uma forma "chique" de controlar o rádio do carro: já virou padrão as centrais trazerem funções de conectividade com o celular usando sistemas como o Apple Carplay e o Android Auto.

  • Murilo Góes/UOL

    Paddle Shifters

    Inicialmente tido como item de conforto, o câmbio automático caiu de vez no gosto dos brasileiros na última década. Segundo dados da Anfavea, entre 2010 e 2019 a compra de modelos com esse tipo de câmbio saltou de 12% para 50% no país.

    Juntamente com isso, um item que antes era coisa de carro de Fórmula 1, modelos esportivos ou de alto luxo acabou aparecendo na cabine de carros mais "mundanos": os paddle shifters.

    São aquelas abas atrás do volante que servem para que o motorista possa trocar as marchas de forma manual. Hoje, ele é encontrado em modelos compactos - como o Volkswagen Polo -, seja como opcional ou item de série em versões mais caras.

  • Murilo Góes/UOL

    Painel digital

    Você é do time que gosta de ver ponteiros analógicos se mexendo ou curte a sensação de modernidade de um painel digital? Independentemente da resposta, esse item tem uma trajetória curiosa no Brasil: ganhou certa notoriedade no país na década de 1980, quando modelos como os Chevrolet Monza e Kadett traziam painéis com mostradores totalmente digitais.

    Na época, a tecnologia não se popularizou, mas nas últimas duas décadas vimos cada vez mais modelos adotando uma solução híbrida entre mostradores analógicos e digitais.

    E a solução ficou mais presente nos últimos anos, como em versões mais recheadas de modelos da Volkswagen e com direito a efeito 3D a partir das versões intermediárias do novo Peugeot 208. Leia mais

  • Murilo Góes/UOL

    Luzes diurnas com LEDs

    Ainda que a legislação brasileira tenha sido afrouxada quando o assunto é trafegar com os faróis acesos, as luzes de LED diurnas chegaram a diversos modelos vendidos no Brasil.

    E foi um avanço bem democrático: o aparato está presente desde as versões mais baratas de modelos como Renault Sandero e Logan e também em outros compactos. Leia mais

  • Divulgação

    Frenagem autônoma

    Imagina só estar em um engarrafamento e não ter a preocupação de usar o pára-choque da frente como freio. Há alguns anos, sensores que monitoram a distância para o veículo adiante e acionam os freios automaticamente eram exclusividade de modelos de luxo, especialmente os da Volvo.

    Isso, aos poucos, tem mudado. Um exemplo é o Hyundai HB20, que na versão topo de linha Evolution com motor 1.0 turbo conta com esse recurso.

  • Cruise control adaptativo

    Juntamente com a popularização dos carros com câmbio automático, o cruise control (mais conhecido por "piloto automático") também se tornou um item mais comum - e muito apreciado por motoristas que têm dificuldades de se manter dentro dos limites de velocidade.

    Esse sistema tem uma espécie de primo rico: o controle de cruzeiro adaptativo. Basicamente, o que essa versão aprimorada faz é controlar a velocidade e também a distância para o carro da frente.

    É especialmente útil em rodovias, mas também ajuda no trânsito urbano. Artigo exclusivo de carros de luxo há alguns anos, hoje ele pode ser encontrado em versões mais caras de modelos intermediários, como o Volkswagen Nivus.

  • Divulgação

    Park assist

    Estacionar o carro é um pesadelo para muitos motoristas e, até mesmo por isso, quando sistemas de estacionamento autônomos surgiram eles pareciam algo de outro mundo: passava passar lentamente por uma vaga para o carro "escanear" o espaço e definir se ele caberia ali e, depois disso, bastava controlar acelerador e freio seguindo instruções no painel. Hoje, é possível contar com esse baita auxílio em modelos mais populares. A má notícia é que o item ainda está presente somente em versões mais recheadas, caso do Onix Premier. Mesmo assim, entra na lista de coisas de "outro mundo" que estão mais próximas do consumidor comum.

Notícias