Topo

Chame Gente inicia sua micareta com sucessos baianos no Rio

Marcelo de Jesus/UOL
Bloco Chame Gente desfila em São Conrado, no Rio Imagem: Marcelo de Jesus/UOL
do UOL

Michel Alecrim

Colaboração para o UOL, no Rio

2019-02-23T10:39:41

23/02/2019 10h39

O bloco Chame Gente  iniciou a concentração para seu desfile de pré-Carnaval na orla de São Conrado, no Rio. A principal atração é o cantor e compositor baiano Alexandre Peixe, que tem sucessos gravados por grandes nomes do axé como Ivete Sangalo, Chiclete com Bana e Asa Águia. 

No ano passado, o bloco atraiu mais de 20 mil foliões e, neste ano, a expectativa dos organizadores é de superar a marca. Com o cancelamento de desfiles no mesmo horário, como o do Chora Me Liga, a migração do público é esperada.

O casal de noivos Aline Silva Pinto, 27 anos, e Ayrton Ferreira da Silva, 24 anos, chegaoucedo para a folia. "Nós íamos para o Chora Me Liga e tivemos que nos reprogramar quando soubemos do cancelamento. Sou fã de música sertaneja, mas também amo axé", declarou Aline. 

O nome do bloco é uma homenagem à canção de Armandinho e Moraes Moreira de mesmo nome. A ideia é reviver todas as fases da música. Alexandre Peixe contou que ensaiou cerca de cem músicas entre próprias e clássicos do axé para levantar o público. 
"O axé sempre vai ter seu espaço no Carnaval. Fiz uma combinação para o repertório com sucessos que ninguém esquece", afirmou o cantor.

O desfile do Chame Gente estava programado para o último dia 9, mas teve que ser adiado por causa da tempestade que atingiu o Rio no início do mês. Na concentração, o sócio do bloco Renato Brito Neto pediu um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de deslizamentos. "Não tínhamos como fazer o desfile naquela data. Até procuramos arrecadar donativos para os desabrigados", disse. 

A partir das 10h, a música baiana tomou conta da orla de São Contado, animando os cariocas. A previsão é que o desfile vá até as 14h.

Mais Carnaval 2019