Topo

Carnavalesco da Grande Rio lança livro sobre os desfiles de Rosa Magalhães

Leonardo Bora com seu livro A antropofagia de Rosa Magalhães - Divulgação
Leonardo Bora com seu livro A antropofagia de Rosa Magalhães Imagem: Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

do UOL

04/07/2019 15h38

Um dos carnavalescos da Acadêmicos do Grande Rio, Leonardo Bora lança amanhã seu livro. O evento acontecerá a partir das 16h, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, no centro do Rio.

Adaptado da dissertação de mestrado defendida na Faculdade de Letras da UFRJ, A antropofagia de Rosa Magalhães, lançado pela Rico Editora, apresenta a ideia de brasilidade no trabalho da carnavalesca analisando 11 narrativas de enredos elaborados por ela nas décadas de 1990 e 2000 na Imperatriz Leopoldinense, com uma ênfase maior no Carnaval de 2002.

O artista, que fará sua estreia no Grupo Especial no próximo Carnaval dividindo o trabalho com Gabriel Haddad, defendeu a dissertação em 2014 e, posteriormente, adquiriu o grau de doutor na mesma instituição com um trabalho ainda mais profundo, baseado em toda a trajetória da carnavalesca.

"Comecei a assistir Carnaval pela TV, ainda garoto, em Irati, no interior do Paraná. E presenciei o duelo estético entre Rosa, na Imperatriz, e Renato Lage, na Mocidade Independente. A influência de Rosa sempre foi marcante em minha vida. Desde meus primeiros desenhos, ela sempre foi uma inspiração", relata Bora.

Capa do livro A antropofagia de Rosa Magalhães, de Leonardo Bora  - Divulgação
Capa do livro A antropofagia de Rosa Magalhães, de Leonardo Bora
Imagem: Divulgação

O lançamento contará com a presença da homenageada, atualmente responsável pelo desfile da Estácio de Sá. Uma mesa redonda reunirá, além de Rosa, seu assistente Mauro Leite, da projetista Penha Lima e da destaque Samille Cunha - os três, no caso, personagens importantes na elaboração do desfile da Imperatriz de 2002, que será exibido para o público.

Com vasto material fotográfico assinado por Wigder Frota, o livro será vendido por R$ 45. O Centro de Artes Hélio Oiticica fica na Rua Luis de Camões, 68, próximo à Praça Tiradentes.

Mais Entretenimento