Topo

Bloco tradicional, Céu na Terra abre a manhã carnavalesca para os cariocas

Lucíola Vilela/UOL
A foliona Tatiana amamenta a filha, Lina, durante a festa do bloco Céu na Terra. Imagem: Lucíola Vilela/UOL
do UOL

Lola Ferreira

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

2019-02-23T08:54:11

23/02/2019 08h54

Concentração marcada para as 6h, com sol ainda baixo, apesar do calor. Este é o cenário do bloco Céu na Terra há pelo menos dez anos, no Carnaval do Rio de Janeiro. Ali os foliões sobem e descem as ladeiras do bairro de Santa Teresa e são marcados pela mistura de turmas: há desde os perdidos procurando um bom after party até aqueles com presença cativa, que tomam café-da-manhã enquanto aguardam o cortejo sair.

Veja a programação de blocos no Rio neste final de semana

Com ao menos 50 músicas no repertório, o bloco toca principalmente as tradicionais marchinhas carnavalescas e desfila duas vezes: neste sábado de pré-Canaval e no próximo (2 de março), oficial da festa, sempre no mesmo horário e local. 

Os foliões que levam a fantasia a sério acordam ainda mais cedo para fazer a maquiagem e preparação do traje. Por volta das 6h, os primeiros já chegavam ao Largo dos Guimarães para começar os trabalhos. E horário não inibe a diversão de ninguém: cervejas e drinks já podiam ser visto na mão de alguns foliões.

Tatiana Richards, 39, era uma das mais animadas para curtir o bloco - e levou a filha Lina, de 1 ano e 3 meses. "Venho desde que estava grávida dela. Minha filha sempre gostou, ficava quietinha na barriga!", contou.

Mais Carnaval 2019