PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Australiana Emma McKeon alcança recorde com sete medalhas; Dressel leva cinco ouros na natação

01/08/2021 09h18

Por Simon Evans

TÓQUIO (Reuters) - A australiana Emma McKeon se tornou no domingo a primeira nadadora a ganhar sete medalhas em uma única Olimpíada, após conseguir vitórias nos 50m livre e no revezamento 4x100 medley feminino em Tóquio.

O norte-americano Caeleb Dressel confirmou seu domínio na natação masculina, levando ouro nos 50m livre para juntar às conquistas dos 100m livre e 100m borboleta e conquistando a quinta medalha nos Jogos com a equipe dos EUA triunfando no revezamento medley masculino. Ele também ganhou ouro no revezamento 4x100m livre.

Houve mais ouro para os Estados Unidos com Robert Finke mostrando recuperação no final para vencer os 1.500m livre, depois de conquistar ouro também nos 800m.

Os Estados Unidos encerraram o que foi uma competição de natação eletrizante em Tóquio com 11 medalhas de ouro, cinco a menos do que no Rio e em Londres.

A Austrália ganhou nove, seu maior número de medalhas de ouro em Jogos, e o Reino Unido saiu com quatro ouros, como parte de um recorde de oito medalhas no total.

McKeon, que arrebatou quatro medalhas de ouro em Tóquio, nadou borboleta no revezamento australiano, que teve Cate Campbell na última perna, deixando os Estados Unidos com a prata.

McKeon se junta a Michael Phelps, Mark Spitz e Matt Biondi como os únicos nadadores a ganhar sete medalhas nos Jogos. A ginasta russa Maria Gorokhovskaya, em 1952, é a única mulher a ter vencido sete em qualquer outra modalidade.

Phelps detém o recorde da natação com oito medalhas conquistadas em Atenas 2004 e também em Pequim quatro anos depois.

"Eu vejo os atletas que vieram antes de mim e fico tão impressionada com o que fizeram, mas nunca realmente olhei para as estatísticas de contagem de medalhas", disse McKeon. "É uma honra porque sei que trabalhei muito para isso."

Notícias