PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Wall St recua após S&P 500 tocar máxima recorde; foco segue em reunião do Fed

15/06/2021 11h02

Por Shashank Nayar e Medha Singh

(Reuters) - As ações norte-americanas caíam nesta terça-feira depois que o S&P 500 atingiu um pico recorde no início da sessão, com os investidores aguardando sinais do Federal Reserve sobre se um recente salto na inflação provocará um aperto mais rápido do que o esperado na política monetária.

A garantia do Fed de que a alta dos preços, bem como a queda dos rendimentos norte-americanos, é transitória ajudou a aliviar algumas preocupações sobre a inflação, com todos os olhos voltados para o comunicado do banco central, que será divulgado ao final de sua reunião de política monetária de dois dias, na quarta-feira.

Os índices S&P 500, Dow Jones e Nasdaq já ganharam 13,3%, 12,3% e 10%, respectivamente, até agora este ano, em grande parte impulsionados pelo otimismo sobre uma reabertura econômica.

"Se o Fed puder transmitir ao mercado que continuará a ser paciente e que não está excessivamente preocupado com a inflação, isso continuará a ser um cenário muito sólido para os mercados de ações", disse Larry Adam, diretor de investimentos da Raymond James.

O Fed deve anunciar em agosto ou setembro uma estratégia de redução de seu programa massivo de compra de títulos, mas não começará a cortar as compras mensais até o início do próximo ano, revelou uma pesquisa da Reuters com economistas.

Às 11:54 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,47%, a 34.234 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,217384%, a 4.246 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,54%, a 14.098 pontos.

Notícias