PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

França reforça restrições diante do aumento de infecções

França reforça restrições diante do aumento de infecções - Mehdi Taamallah/NurPhoto via Getty Images
França reforça restrições diante do aumento de infecções Imagem: Mehdi Taamallah/NurPhoto via Getty Images

04/03/2021 18h12

Diante do aumento das infecções pelo coronavírus, a França reforçou suas restrições nesta quinta-feira (4), em especial no norte do país, onde há um aumento de casos, principalmente devido à cepa inglesa.

O primeiro-ministro Jean Castex anunciou um confinamento no fim de semana no distrito de Pas-de-Calais, no norte, onde vivem cerca de 1,5 milhão de pessoas.

Com mais de 400 casos confirmados a cada 100 mil habitantes, Pas-de-Calais tem hoje quase o dobro de casos em comparação à média nacional.

Essa medida de confinamento localizado já está em vigor na cidade turística de Nice e em Dunkirk, de frente para a costa inglesa.

Paris, por outro lado, se livrou da medida, à qual a prefeita Anne Hidalgo se opôs veementemente.

A lista de distritos sob monitoramento reforçado passou de 20 para 23 (de um total de 101). Nessas áreas, centros comerciais com mais de 10 mil m2 serão fechados e reuniões em locais públicos muito frequentados serão proibidas.

No último domingo, a polícia evacuou as margens do rio Sena, no centro de Paris, que estavam lotadas de pessoas tomando sol ou fazendo piqueniques, sem o devido distanciamento social.

A nível nacional, já existe um toque de recolher em vigor entre as 18h e as 6h e os restaurantes, cafés, bares, museus e cinemas estão fechados.

Mais de 87 mil pessoas morreram de covid-19 na França, um dos países da Europa mais afetados pela pandemia.

Notícias