PUBLICIDADE
Topo

Governo da Bahia retifica boletim com número de casos de covid-19

Salvador fica vazia durante a pandemia de coronavírus - TIAGO CALDAS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Salvador fica vazia durante a pandemia de coronavírus Imagem: TIAGO CALDAS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
do UOL

Do UOL, em São Paulo

06/06/2020 21h16

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia corrigiu o número de casos positivos de coronavírus em municípios do estado, em atualização realizada ontem. Segundo o órgão, o número correto é de 2.710, e não de 2.956. No total, a Bahia registra 27.396 casos confirmados de coronavírus e 846 óbitos.

Os dados foram contabilizados no boletim epidemiológico de ontem e a inconsistência foi identificada pela Vigilância Epidemiológica Estadual hoje, sendo corrigido no documento atual. Segundo o órgão, o erro ocorreu após os municípios divulgarem dados equivocados sobre o número de casos positivos.

Pelo segundo dia, o Ministério da Saúde voltou um balanço com omissão de dados sobre a pandemia de covid-19 no país. Em sua mais recente atualização, a pasta informa que foram confirmados nas últimas 24 horas 27.075 casos e 904 óbitos.

Somados esses aos números dos outros dias, o Brasil tem hoje 35.930 mortes e 672.846 pessoas já diagnosticadas. Já o prazo de 24 horas não se refere ao período em que as pessoas apresentaram sintomas ou vieram a óbito, mas o dia em que os casos passaram a constar do balanço do governo federal.

Um dia após ser tirado do ar para uma "manutenção" não anunciada, o site oficial da covid-19 , alimentado com o balanço da pandemia pelo Ministério da Saúde, voltou hoje ao ar depois de passar mais de 19 horas.

Porém, a exemplo do que ocorreu ontem com a atualização diária dos dados de diagnósticos, óbitos e curados, deixou de trazer números consolidados sobre a doença e o histórico de sua evolução desde o primeiro caso brasileiro.

Agora, o site apresenta apenas os dados incluídos nas últimas 24 horas na base de dados do governo — o que não significa que ocorreram de ontem para hoje.

Notícias