PUBLICIDADE
Topo

Petrobras obtém lucro líquido de R$ 40 bilhões em 2019

20/02/2020 00h43

Rio de Janeiro, 20 Fev 2020 (AFP) - A Petrobras registrou em 2019 um lucro líquido de 40,137 bilhões de reais, no segundo ano consecutivo de ganhos, e o melhor resultado anual nominal da história da empresa, em fase de recuperação após o megaescândalo de corrupção revelado pela operação Lava Jato.

No quarto trimestre do ano passado, a petrolífera obteve um lucro de 8,153 bilhões de reais, abaixo das expectativas dos analistas, mas 287% superior ao quarto trimestre de 2018.

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) foi em 2019 de 129,249 bilhões de reais, devido a custos de produção menores e menos contingências.

Os lucros do ano passado representam um aumento de 55,7% com relação aos lucros de 2018, quando a empresa registrou lucro anual líquido de 25,8 bilhões de reais, o primeiro saldo positivo em cinco anos.

Entre 2014 e 2017, a empresa sofreu perdas significativas, mergulhada em uma crise após a revelação de um gigantesco esquema de corrupção montado entre empresários, partidos políticos e ex-funcionários do estado para desviar recursos públicos por meio de contratos fraudulentos.

O recorde nominal (sem ajuste por inflação) de 2019 se deveu em parte ao programa de venda de ativos que a estatal empreendeu nos últimos anos e que no ano passado somou 16,3 bilhões de dólares, detalhou a empresa.

Apesar das melhorias no cenário financeiro, o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, alertou que "a Petrobras continua sendo uma das empresas de petróleo mais endividadas do mundo", com uma dívida líquida de 78,861 bilhões de dólares.

Em termos de produção, após anos de estagnação, a empresa superou no quarto trimestre a marca de 3 milhões de barris de óleo equivalente por dia (Mboed), afirmou o presidente.

Em 2018, a produção havia sido de 2,63 Mboed.

mel/js/GM/mvv/lca

Notícias