PUBLICIDADE
Topo

EUA adverte Coreia do Norte contra testes de armamentos

11/12/2019 18h50

Nações Unidas, Estados Unidos, 11 dez 2019 (AFP) - Os Estados Unidos advertiram a Coreia do Norte, nesta quarta-feira (11), de que terá consequências, se fizer novos testes nucleares, ou de mísseis balísticos intercontinentais durante o Ano Novo, em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU organizada por Washington.

Frustrada com a falta de alívio das sanções após três cúpulas com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a Coreia do Norte alertou sobre uma surpresa de Ano Novo, se não forem feitas concessões até o fim de 2019.

"Continuar com testes de mísseis balísticos é muito contraproducente", afirmou a embaixadora americana na ONU, Kelly Craft, que convocou Pyongyang à mesa de negociações com Washington.

Craft disse estar preocupada com os testes com mísseis "que estão designados para atacar Estados Unidos continental com armas nucleares".

"Acreditamos em que a RPDC (República Popular Democrática da Coreia) se afastará de maiores hostilidades e ameaças e, em contrapartida, tomará uma decisão firme de se comprometer conosco", disse.

Ao insinuar novas sanções, Craft afirmou: "Se os eventos demonstrarem o contrário, nós, este Conselho de Segurança, devemos estar preparados para agir em consequência".

"Os Estados Unidos e o Conselho de Segurança têm um objetivo, não um prazo", disse Craft, aparentemente descartando o cumprimento das demandas da Coreia do Norte de uma oferta nas últimas semanas do ano.

sct/bgs/lda/gma/mls/piz/tt

Notícias