Topo

Governo fala em 'prerrogativa do presidente' e confirma saída de Joice

Joice Hasselmann (PSL-SP), então líder de governo, discursa na votação da Reforma da Previdência - Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo
Joice Hasselmann (PSL-SP), então líder de governo, discursa na votação da Reforma da Previdência Imagem: Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo
do UOL

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

17/10/2019 16h01Atualizada em 17/10/2019 16h30

A Presidência da República confirmou nesta tarde a substituição da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO) na liderança do governo no Congresso Nacional.

A decisão foi oficialmente divulgada por volta das 15h50 de hoje.

"Sendo uma prerrogativa do Presidente da República escolher seus líderes para representar o governo no Poder Legislativo, será encaminhada mensagem ao Congresso Nacional informando a substituição da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo Senador Eduardo Gomes (MDB-TO) na função de líder do governo naquela Casa Legislativa", diz nota distribuída pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.

Bolsonaro se reuniu com novo líder

Em atualização da agenda de Bolsonaro, a Presidência informou que Eduardo Gomes se reuniu com o presidente e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, às 11h30, no Palácio do Planalto.

Antes de ser alçado ao posto de líder, Gomes atuava como vice-líder do governo no Senado.

Joice foi destituída após assinar lista apoiando a permanência do líder do PSL, Delegado Waldir (GO), no cargo. Ele conseguiu se manter após articulação da família Bolsonaro para colocar o deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, como líder do partido na Casa.

Mas oficialmente, o Planalto não informou o motivo da troca.

MDB cresce

Com a substituição da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO) como líder do governo no Congresso Nacional, o MDB passa hoje a ter um ministério e duas lideranças do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

A saída de Joice e a oficialização de Gomes foram confirmadas pela Presidência da República.

Com a troca de cadeiras, as lideranças do governo Bolsonaro no Congresso ficam assim:

  • Líder do governo no Congresso: senador Eduardo Gomes (MDB-TO)
  • Líder do governo no Senado: senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
  • Líder do governo na Câmara: deputado Major Vítor Hugo (PSL-GO)

O MDB tem ainda Osmar Terra como ministro da Cidadania.

O antecessor de Bolsonaro na Presidência da República, Michel Temer é do MDB. Ele era vice-presidente de Dilma Rousseff (PT) até esta sofrer um impeachment em 2016.

No início da tarde, Bolsonaro viajou com Ramos e o ministro da Justiça, Sergio Moro, para participar de aula inaugural de curso de formação da Polícia Rodoviária Federal, em Vargem Pequena, Santa Catarina. A previsão é que ele faça a transmissão ao vivo nas redes sociais de toda quinta no estado e retorne a Brasília no final da noite.

Notícias