PUBLICIDADE
Topo

Top 10 da feiura: veja quais são os carros mais horrorosos da história

do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

26/04/2020 04h00

Sabemos que preferências são difíceis de discutir. Entretanto, o mundo automotivo tem exemplos praticamente unanimes de modelos que não caíram no gosto das pessoas pelo conceito visual. Ou seja, carros que a esmagadora maioria dos fãs das quatro rodas acham feios.

Aqui relembramos dez exemplos. Confira!

  • Nissan Cube

    O modelo japonês entrega o que propõe: é compacto. Até aí, nenhum problema. No entanto, seu layout assimétrico de segunda geração fez muita gente olhar torto quando esteve no mercado, de 2002 a 2008. Convenhamos: o carro pode ser pequeno, mas não precisa ser tão feio, né?

  • Chrysler PT Cruiser

    Tendo como inspiração os Hot Rods da década de 1950, a Chrysler lançou em 2000 o PT Cruiser. No entanto, para muitos a atmosfera não ficou bem representada no design do modelo. O visual polêmico garantiu seu lugar nesta lista.

  • Pontiac Aztek

    Não dava par deixar de fora desta lista o famoso carro utilizado pelo protagonista da série Breaking Bad, Walter White. Vendido de 2001 a 2005, o SUV era até forte (possuía tração nas quatro rodas), mas seu visual deixava bastante a desejar, principalmente pelo design da dianteira.

  • Nissan Cargo

    Inspirado no clássico Citroën 2CV em suas linhas da cabine, o Cargo traz a Nissan pela segunda vez a esta lista. Mostrado no Salão de Tóquio em 1989, o veículo só podia ser comprado com reserva prévia. Apenas 8 mil unidades foram produzidas até 1992. Não é muito difícil entender o porquê.

  • Fiat Multipla

    O compacto certamente merecia um lugar nessa lista. Muitos dizem que tinha o interior espaçoso e ainda era gostoso de dirigir. Então, você pensa: "o que tem de errado com esse carro"? Bem, é só olhar para o design da parte dianteira, batizado por alguns de "homem-elefante".

  • Cadillac Seville

    Na segunda geração do Seville, vendida entre 1979 e 1985, a Cadillac resolveu ousar em seu layout. Para reduzir o tamanho, a traseira do sedã foi "amassada", o que acarretou em um visual dos mais polêmicos e estranhos.

  • Mitsuoka Orochi

    O supercarro lançado em 2006 consegue quase ser uma unanimidade entre os amantes dos modelos de alta performance como o mais horrível deles. Ironicamente, seu nome foi inspirado em Yamata no Orochi - um dragão mitológico japonês de oito cabeças e oito rabos. Portanto, sem ofender você pode chamar este modelo de dragão.

  • Plymouth Prowler

    Assim como no PT Cruiser, vemos aqui mais uma vez a veia Hot Rod dos anos 1950. E, de novo, não deu muito certo. Mostrado em 1997, o carro ainda tinha um trailer que vinha como opcional. O modelo foi um dos últimos da fabricante, que teve seu fim em 2001.

  • Aston Martin Lagonda

    Um sedã normal... para quem não sabe que é um Aston Martin. Quando você sabe, fica bem estranho. Mas se por fora ele era bem horrível (com uma frente bicuda injustificável), por dentro ele foi revolucionário. Além de confortável, foi o primeiro modelo a oferecer painel digital.

  • Renault Avantime

    É uma perua? É um cupê? Ninguém sabe. O Renault Avantime mereceu entrar na lista por ter um visual pouco usual. Futurista? Talvez parecesse para o período no qual foi vendido, entre 2001 e 2003. Mas hoje - com estas entradas de ar em cima dos faróis - é feio para dizer o mínimo.

Listas