Topo

De Schumacher a Zidane: 17 esportistas que seguiram a profissão dos pais

Colaboração para o BOL

2019-04-05T14:00:00

05/04/2019 14h00

Um velho ditado já dizia que "filho de peixe, peixinho é". Nos esportes é comum vermos filhos seguindo os passos dos pais e encarando a mesma profissão. Nesta lista vamos conhecer os filhos de esportistas que herdaram as habilidades dos pais e também se profissionalizaram no mesmo esporte. Confira!

  • Divulgação/FIVB

    Bruninho (vôlei)

    Filho dos ex-jogadores de vôlei Vera Mossa e Bernardinho, Bruninho seguiu a carreira dos pais e se tornou um dos líderes da Seleção Brasileira campeã olímpica em 2016, no Rio de Janeiro

  • Reprodução/YouTube

    Floyd Mayweather Jr. (boxe)

    Um dos grandes boxeadores da história já que se aposentou sem perder nenhuma das 51 lutas que disputou. É filho do também ex-boxeador Floyd Mayweather e ainda é sobrinho de Roger "Black Mamba" Mayweather, que também foi campeão na mesma modalidade

  • Reprodução/Trivela

    Giovanni Simeone (futebol)

    Filho do ex-jogador e atual treinador Diego Simeone, Giovanni seguiu os passos do pai na profissão, mas não no estilo de jogo. Enquanto Diego era um excelente marcador e jogava no meio-campo, Giovanni é atacante goleador

  • Divulgação/Leicester City FC

    Kasper Schmeichel (futebol)

    O goleiro dinamarquês é filho do ex-goleiro Peter Schmeichel, ídolo do Manchester United nos anos 1990. Atualmente defende o Leicester City e também a seleção da Dinamarca. O pai sempre acompanha suas partidas e costuma chamar atenção pela torcida com entusiasmo

  • Lefty Shivambu/Gallo Images/Reprodução/wbur.com

    Laila Ali (boxe)

    Laila cresceu com a pressão de ser filha do pugilista Muhammad Ali, mas isso nunca foi um problema para ela. Decidiu seguir a carreira do pai e não decepcionou. Venceu todas as suas 24 lutas, sendo 21 por nocaute. Se aposentou em 2007

  • Reprodução/Twitter

    Luca e Enzo Zidane (futebol)

    O francês Zinedine Zidane é um dos maiores nomes da história do futebol e dois de seus filhos seguiram seus passos no esporte. Luca é goleiro e joga pelo Real Madrid, sendo treinado pelo próprio pai. Já Enzo hoje joga pelo Rayo Majadahonda, da Espanha

  • Reprodução/Twitter @cariocabomdebola

    Mattheus Oliveira (futebol)

    Mattheus é filho de Bebeto, campeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1994. Foi para ele, inclusive, a icônica comemoração "nana nenê" feita por Bebeto em 1994. Mattheus se profissionalizou em 2012 jogando pelo Flamengo. Atualmente joga no futebol de Portugal pelo Vitória de Guimarães

  • Reprodução/Twitter

    Max Verstappen (Fórmula 1)

    O mais jovem piloto da história da Fórmula 1 a vencer uma corrida, aos 18 anos e 229 dias, Max é filho de Jos Verstappen. Atualmente com 21 anos, defende a escuderia Red Bull, sendo o principal piloto da equipe

  • Reprodução/Fox Sports Ásia

    Mick Schumacher (Fórmula 1)

    A responsabilidade de carregar o sobrenome de um dos maiores pilotos da história da Fórmula 1 não abala o jovem Mick, de apenas 20 anos. Ele pilota profissionalmente desde 2015 e em 2019 se tornou piloto de testes da Ferrari, seguindo os passos de seu pai, Michael Schumacher. Ele também é sobrinho de outro ex-piloto, Ralf Schumacher

  • Reprodução/Mercedes-Benz

    Nico Rosberg (Fórmula 1)

    Filho do ex-campeão Keke Rosberg, Nico foi um grande piloto na Fórmula 1. Estreou em 2006 e se aposentou em 2016, logo após conquistar o título do Mundial de Pilotos pela Mercedes

  • Charles Coates/Getty Images Sport

    Nelsinho Piquet

    Também conhecido como Nelson Piquet Jr, o piloto seguiu a carreira do pai, o tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet. Começou no Kart em 1993, foi campeão da Fórmula 3 Sul-Americana em 2002, campeão da Fórmula 3 Britânica em 2004 e campeão da Fórmula E em 2015, mas não teve o mesmo sucesso que o pai, na Fórmula 1

  • Reprodução/Twitter @Felipesoccerboi

    Paolo Maldini (futebol)

    Considerado um dos melhores zagueiros da história do futebol, Paolo Maldini construiu toda sua carreira, de 1984 a 2009, jogando pelo Milan. Ele seguiu a risca os passos do seu pai, Cesare Maldini, que também só jogou pelo rubro-negro italiano (de 1952 a 1967)

  • Reprodução/abc7

    Peyton e Eli Manning (futebol americano)

    Peyton e Eli são filhos de Archie Manning, um dos grandes nomes da história da NFL (Liga Nacional de Futebol Americano), que atuou entre 1971 e 1984. Peyton conquistou o Super Bowl duas vezes (2007 e 2015) e já se aposentou. Eli também venceu duas vezes (2007 e 2011) e ainda segue em atividade

  • Reprodução/La Pelotona

    Rafinha e Thiago Alcântara (futebol)

    A dupla tem o ex-jogador Mazinho, campeão da Copa do Mundo de 1994, como pai. A curiosidade é que Thiago nasceu na Itália, é filho de brasileiro e tem cidadania espanhola, jogando pela Seleção da Espanha. Já Rafinha nasceu no Brasil e joga pela Seleção Brasileira

  • Reprodução/Pro Sport

    Rivaldinho (futebol)

    O jovem atacante, de 23 anos, é filho de Rivaldo, campeão do mundo com o Brasil em 2002. Apesar do apoio do pai, não conseguiu construir uma grande carreira até aqui. Atualmente joga pelo Viitorul Constanta, da Romênia

  • Adalberto Marques/AGIF

    Romarinho (futebol)

    Outro exemplo de filho de um ex-jogador famoso que ainda não conseguiu despontar na carreira. Romarinho tem 25 anos e é filho do ex-jogador e atual senador Romário. Ele atualmente joga pelo Tupi, de Juiz de Fora (MG)

  • Marcio Jose Sanchez/AP Photo

    Stephen Curry (basquete)

    Líder e principal nome do Golden State Warriors, da NBA, Stephen é filho de Dell Curry, ex-jogador de basquete e irmão de Seth Curry, que também atua na NBA

Mais Listas