Topo

Nove curiosidades sobre os três Reis Magos

Colaboração para o BOL

05/01/2019 14h00

Segundo a tradição cristã, três reis magos viajaram do Oriente a Jerusalém, em Israel, durante o reinado de Herodes. Ali, anunciaram o nascimento de seu futuro rei, Jesus, em Belém, e seguiram uma estrela no caminho para conhecer o recém-nascido, levando como presentes ouro, incenso e mirra. Porém o que está escrito na Bíblia não é bem assim. Conheça algumas curiosidades sobre os magos que presentearam Jesus.

Leia também:

  • Reprodução/DNA India

    Quantos reis?

    A Bíblia não diz quantos magos procuraram por Jesus, nem que eles eram reis. O Evangelho de Mateus relata: "eis que vieram do oriente a Jerusalém uns magos que perguntavam: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo"

  • Reprodução/Phys

    Eles eram mágicos?

    Na época, o termo mago não se aplicava somente à magia, mas também à astrologia e ao conhecimento em geral. Assim, os três - ou mais, ou menos - magos, podem ter sido astrólogos ou astrônomos, já que seguiam uma estrela, ou pessoas de grande sabedoria

  • Reprodução/Periódico Correo

    Presentes

    De acordo com o relato de Mateus, os magos ofereceram como dádivas ao menino Jesus seus tesouros: ouro, incenso e a resina da árvore de mirra, usada em embalsamentos. Por isso, em muitos países, como Espanha, México e Uruguai, existe a tradição de se presentear as crianças no dia 6 de janeiro, dedicado aos Reis Magos, e não no Natal

  • Reprodução/Miranda/Sapo

    6 de janeiro

    O Dia de Reis, 6 de janeiro, não representa o dia em que os magos chegaram a Belém para conhecer o filho de Maria e José, mas sim a própria data de nascimento de Jesus. Essa data foi respeitada até o século 5º, quando a igreja dominou o Império Romano e passou a usar o dia 25 de dezembro, antes dedicado a uma festa pagã para o Sol, para simbolizar o nascimento de Jesus

  • Reprodução/The Spruce Eats

    Bolo-rei

    Aproveitando outra tradição pagã, a igreja católica implantou o bolo-rei nas comemorações dos reis magos. Os romanos tinham o costume de escolher um rei das festas pelo sorteio de uma fava. O que a igreja fez foi enfiar a fava num bolo, espalhando a lenda de que os três reis magos usaram este método para sortear qual deles seria o primeiro a entregar o presente a Jesus. A receita se transformou ao longo do tempo e hoje tem ingredientes que simbolizam o ouro, o incenso e a mirra, e a fava foi substituída por um brinde, como uma moeda ou uma bijuteria perdida no meio da massa - sorte de quem a encontrar. A tradição se mantém, principalmente, em Portugal e na Espanha

  • Reprodução/Once Noticias

    Nomes

    Se a Bíblia não cita nem quantos magos visitaram Jesus, de onde saíram seus nomes? A primeira referência aos três reis magos e seus nomes apareceu em um evangelho apócrifo do século 6º: "Os reis magos eram três irmãos: Melquior, que reinava sobre os persianos; Baltasar, que era rei dos indianos, e Gaspar, que dominava no país dos árabes"

  • Reprodução/ThoughtCo

    Sem dedo-duro

    Diz a tradição que Herodes não gostou de saber que havia nascido um novo rei, predestinado a guiar os judeus. Assim, ordenou aos reis magos que, quando encontrassem a criança santa, voltassem até ele para informar a localização exata do bebê. Os magos, porém, deram um truque, e na volta da viagem fizeram um caminho diferente, desviando de Jerusalém para não dedurar a criança a Herodes. Furioso, o rei mandou matar todos os bebês da região (spoiler: Jesus sobreviveu)

  • Reprodução/Gazeta do Estado

    Reisado

    O reisado, ou folia-de-reis, é uma das festas religiosas populares mais comuns no Brasil e em Portugal. Essencialmente, o festejo começa no final de dezembro, quando um grupo de pessoas fantasiadas como os reis e seus seguidores - palhaços, músicos e porta-bandeiras - faz um cortejo pelas casas do local, cantando, tocando e pedindo esmolas. Em muitas casas, são recebidos com comida farta. A peregrinação vai até o dia 6 de janeiro. Os detalhes da festa variam de acordo com as tradições da região

  • Reprodução/YouTube

    Cultura pop

    Os reis magos e suas festividades estão presentes na cultura popular, principalmente na música, como em "O Dia da Festa de Santo Reis", de Tim Maia (foto), "Los Reyes Magos", de Mercedes Sosa, e "Bandeira do Divino", de Ivan Lins e Vitor Martins. Essa última menciona os reis magos na música dedicada ao Divino Espírito Santo, festejado no Dia de Pentecostes

Mais Listas