Topo

Dez curiosidades a respeito da vida e carreira de Matheus Nachtergaele

Colaboração para o BOL

03/01/2019 08h00

Nesta quinta-feira (3/1/2019), Matheus Nachtergaele completa 51 anos. Com personagens marcantes na carreira, ele já atuou no cinema, na TV e no teatro. Aliás, em uma de suas peças, abre-se com o público ao encenar os poemas escritos pela mãe, que se suicidou aos 22 anos, quando o filho tinha três meses de vida. Confira essas e outras curiosidades a respeito do ator.

Leia também:

  • Rafael Andrade/Folha Imagem

    Questão materna

    Aos 22 anos, a violonista Maria Cecília se suicidou. Matheus tinha três meses de idade na época, mas só descobriu as circunstâncias a respeito da morte da mãe aos 16 anos, quando o pai, Jean Pierre Nachtergaele, considerou que o filho tinha maturidade suficiente para uma conversa sobre o assunto - até então, ele acreditava que Maria Cecília havia morrido no parto. No dia em que fez a revelação ao ator, o pai também lhe entregou uma pasta com 30 poemas datilografados. Em 2016, ele subiu ao palco com a peça "Processo de Conscerto do Desejo", baseada nos textos da genitora. "Um resumo bom de mim seria: sou um filho sem mãe. Sou totalmente marcado pela ausência. O mundo para mim se apresentou a partir da ausência. Eu poderia ser mais louco ainda se quisesse. Entendeu? Mas reúno forças. Lido com a morte o tempo inteiro. Não é um alívio, é um fato. Sou um sobrevivente de uma morte", disse o ator à Contigo! em 2016

  • Divulgação/TV Globo

    Bissexualidade

    "Eu me arrependo de já ter tentado me definir porque não adianta. Ninguém cabe numa prateleira nesse aspecto. Eu já não penso mais em lésbicas, gays, héteros, bissexuais... Não consigo pensar nesses termos porque percebo que cada ser humano tem uma sexualidade própria. Acredito que, quantas pessoas existirem no mundo, é o número de sexualidades que existem. E, além do mais, temos que lembrar que ela é cambiante. Tem pessoas que são absolutamente promíscuas e, a partir de um momento, se tornam monogâmicas. E vice-versa. Existem matrimônios de três. Pessoas que tiveram casamentos com homens e mulheres, e todos são exemplos bem-sucedidos...", desabafou o ator em entrevista ao Extra em 2014

  • Reprodução/Instagram

    Transa com Cauã Reymond

    No filme "Piedade", Matheus Nachtergaele e Cauã Reymond interpretam cenas quentes. De acordo com Matheus, em entrevista ao TV Fama, em dezembro de 2018, os dois dispensaram o uso de tapa-sexo. Cauã já havia falado sobre o assunto em agosto, em conversa com a revista Cidade Jardim: "Eu encarei a cena da mesma forma como eu encaro a cena de sexo com uma mulher, na maioria das vezes falando uma piada. Já tinha feito um gay no cinema, também fiz um clipe vestido de mulher, que eu mesmo produzi"

  • Divulgação

    Zé do Caixão

    O ator deu vida a José Mojica Marins na série "Zé do Caixão" e impressionou pela atuação. Matheus Nachtergaele foi a primeira opção dos realizadores do projeto para interpretar o cineasta e recebeu a aprovação do próprio homenageado. Durante as gravações, os filhos de Mojica mostraram-se impressionados com as semelhanças. Matheus chegou a improvisar em várias cenas

  • Daniel Lima/Divulgação

    Teatro e religião

    "O teatro que me interessa é o que substitui em mim aquilo que a religião deveria fazer e não faz. É a oração do livre pensamento com muita coragem e sem o dogma. Teatro é celebração! O teatro não é lugar para o cotidiano. Para isso tem novela e o próprio cotidiano. Eu acho que o teatro é outra onda", explicou o ator em entrevista à Globo, em fevereiro de 2018

  • Reprodução/TV Globo

    Reclusão?

    "A gente vai ficando velho e fica assim. Estou ficando mais medroso de sair pela noite. Sou paulista, mas moro no Rio há mais ou menos 12 anos. Ia muito à quadra da Mangueira e ficava lá até amanhecer. Fiquei um pouco mais caseiro. Tem tempo que não faço isso", confidenciou o ator, em 2013, ao R7

  • Reprodução/Instagram @mathnachtergaele

    Nudez

    Ficar pelado não é problema para Matheus Nachtergaele. Em participação no programa Viva Voz, da GNT, ele contou um pouco sobre sua vida e personalidade longe dos holofotes e surpreendeu: "Eu já fiquei muito nu em festa. Depois eu me arrependo! Em alguns momentos eu fico quase orando o tempo todo e, em outros, eu sou bem vândalo. Minha vida se divide em momentos leves, e outros rock'n'roll"

  • Reprodução/Instagram @mathnachtergaele

    Mudança de hábito

    "Farreei bastante, não tenho nostalgia. Demorei para farrear, mas farreei. Nem sinto saudade. Eu me sinto mais feliz acordando cedo, voltando a fazer teatro, com projetos de cinema. Estou levando uma vida mais saudável", garantiu Matheus, que disse para a Contigo! não sentir falta da boemia. "Gosto de fazer exercícios para o teatro. Caminho muito em Minas Gerais [ele tem casa em Tiradentes] com os cachorros e nado na piscina da minha casa uma vez por dia", afirmou. Tal mudança na vida e nos hábitos, no entanto, não faz com que o ator planeje aumentar a família: "Quando penso em filhos, desisto, porque chega algum filme, um projeto na Amazônia... Minha vida é mais essa: nômade mesmo"

  • Roberto Filho/Divulgacão

    Episódio com Belchior

    Depois de cantar "Paralelas" na peça "Processo de Conscerto do Desejo" - baseada nos poemas da mãe - o ator Matheus Nachtergaele resolveu ir além na homenagem a Belchior e falou na internet sobre a relação com o cantor, que morreu em abril de 2017. "Quero contar uma coisa... Anos atrás, num tempo em que ainda bebia, perdi um voo por Belchior... Tomamos uísque no quiosque de um aeroporto: papo bom, de boêmios fãs (eu muito mais), rimos e choramos, e ele me contou que estava indo pra uma cidade na América Latina, em férias de descanso, com a esposa. Depois de uns goles, cantei 'Corcovado' para ele, para provar que sabia de cor... Desatinos são da vida boêmia, em plena manhã de saguão claro de aeroporto. Perdi o voo cantando embriagado, trocamos beijo terno e abraço gravata (como diz o Mauricio Pereira), e nunca mais o vi, nem soube dele. Umas fofocas, uma saudade, e agora, uma tristeza. Tristeza de fã, e de amigo de copo. Um beijo Belchior, te canto todo dia, está em mim... Em nós, pra sempre", desabafou o ator

  • Reprodução/Instagram @mathnachtergaele

    Contrato renovado

    Apesar dos cortes que já atingiram muitos artistas na Globo, de acordo com a jornalista Patrícia Kogut, Matheus Nachtergaele segue firme e forte na emissora, na qual estreou em 1998. Segundo a profissional, em junho, o ator renovou o contrato por mais três anos

Mais Listas