PUBLICIDADE
Topo

Consumo acima de 30 km/l na cidade? Veja os carros mais eficientes do País

BMW i3 seria capaz de média urbana de 42,6 km/l caso fosse abastecido com combustível líquido para rodar; modelo é o mais eficiente do mercado, segundo o Inmetro - Divulgação
BMW i3 seria capaz de média urbana de 42,6 km/l caso fosse abastecido com combustível líquido para rodar; modelo é o mais eficiente do mercado, segundo o Inmetro
Imagem: Divulgação
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/04/2020 04h00

Os automóveis 100% elétricos são muito superiores aos modelos a combustão, ao menos quanto à eficiência. Afinal, trazem motor consideravelmente mais simples, com menos peças de atrito interno e menor geração de calor.

Por oferecerem torque instantâneo, podem até dispensar transmissão. Tudo isso significa menos desperdício de energia para rodar.

É verdade que os elétricos ainda são raros e caros, sem mencionar outros empecilhos, como a pouca disponibilidade de pontos públicos para recarga das baterias - que são pesadas e demoram para serem reabastecidas.

Mas uma coisa não dá para negar: se eles utilizassem combustível e não elétrons para se movimentarem, dariam um banho nos veículos convencionais quando o assunto é consumo.

Os automóveis movidos a baterias lideram o ranking 2020 de eficiência energética veicular do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), ordenado de acordo com o consumo medido em MJ/km (megajoules por quilômetro) de cada participante.

Para viabilizar a comparação com modelos dotados de motor convencional ou carros híbridos, o instituto converteu em km/l o gasto energético dos elétricos para percorrer determinada distância. A vantagem deles é grande.

O BMW i3, por exemplo, lidera o ranking. Se o hatch fizesse uso de combustível líquido para tracionar as rodas, seria capaz de obter médias de 42,6 km/l na cidade e de 41,9 km/l na estrada.

A versão avaliada pelo Inmetro é a que tem um motor de scooter a gasolina, que no entanto funciona apenas como gerador, para ampliar a autonomia das baterias.

Vale destacar que o consumo mais baixo no ciclo urbano se dá por um motivo: no "para e anda", o sistema de reaproveitamento da energia das desacelerações, que ajuda na recarga das baterias, é muito mais acionado.

Como é feita a avaliação de consumo

O PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular) do Inmetro mede o gasto necessário de energia para determinado automóvel se locomover.

A medição segue teste padronizado de consumo, em condições controladas, atribuindo nota que vai de "A", para os modelos mais eficientes, até "E", para os menos eficientes.

Confira abaixo a lista dos elétricos mais econômicos do Brasil.

Viu um carro camuflado ou em fase de testes? Mande para o nosso Instagram e veja sua foto ou vídeo publicados por UOL Carros! Você também pode ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito participando do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros.

Os carros mais eficientes do Brasil

  • Divulgação

    BMW i3

    Preço: R$ 206 mil (aproximado)

    Nota A
    Consumo energético - 0,41 MJ/km

    Consumo cidade - 42,6 km/l
    Consumo estrada - 41,9 km/l
    Leia mais

  • Divulgação

    Caoa Chery Arrizo 5e

    Preço: R$ 159.900

    Nota A
    Consumo energético - 0,55 MJ/km

    Consumo cidade - 39,3 km/l
    Consumo estrada - 35,5 km/l
    Leia mais

  • Murilo Góes/UOL

    JAC iEV40

    Preço: R$ 175.900

    Nota A
    Consumo energético - 0,56 MJ/km

    Consumo cidade - 37,5 km/l
    Consumo estrada - 34,8 km/l
    Leia mais

  • Marcos Camargo/Colaboração para o UOL

    Nissan Leaf

    Preço: R$ 195 mil

    Nota A
    Consumo energético - 0,58 MJ/km

    Consumo cidade - 38,7 km/l
    Consumo estrada - 31,9 km/l
    Leia mais

  • Murilo Góes/UOL

    Renault Zoe

    Preço: R$ 149.990

    Nota A
    Consumo energético - 0,65 MJ/km

    Consumo cidade - 35,3 km/l
    Consumo estrada - 27,5 km/l
    Leia mais

  • Divulgação

    Jaguar I-Pace

    Preço: R$ 450,7 mil (aproximado)

    Nota A
    Consumo energético - 0,72 MJ/km

    Consumo cidade - 29,2 km/l
    Consumo estrada - 26,8 km/l
    Leia mais

Fonte: Inmetro

Listas