Topo

13 histórias fascinantes sobre ganhadores - ou não - da loteria

do BOL

2016-08-24T16:00:00

24/08/2016 16h00

  • Reprodução/lotecaesportiva.zip.net

    Rei do gado

    Miron de Souza é um caso de sucesso entre os premiados pela loteria. Em 1975, o boiadeiro do interior de Goiás acertou os 13 pontos da Loteca e ganhou 22 milhões de cruzeiros. Sua primeira providência foi comprar uma dentadura, e em seguida, investiu tudo em terras e gado, garantindo uma boa vida para a família até hoje

  • Reprodução/belfasttelegraph

    Benfeitora

    Margaret Loughrey, da Irlanda do Norte, ganhou R$ 115 milhões em 2013 na loteria EuroMillions. Desempregada, Margaret calculou que precisaria de "apenas" R$ 4 milhões para arrumar sua vida, e doou o restante para o desenvolvimento de sua cidade, Strabane

  • Reprodução/TV Globo

    Sortuda

    Paulinha Leite, participante da 11ª edição do "Big Brother Brasil", é fã de loterias. Até o final do ano passado, ela já havia sido premiada 26 vezes. O dinheiro ainda não foi suficiente para deixá-la milionária, mas é todo investido em negócios, como uma loja e um projeto para construção de condomínios. A maior bolada foi na Mega da Virada de 2013, quando acertou cinco dezenas e faturou R$ 174 mil

  • Reprodução/Mirror

    Independência

    Christine Weir, enfermeira, e seu marido Colin, cinegrafista, também faturaram a EuroMillions. Depois de comprar carros para todos os amigos, o casal resolveu doar parte do prêmio para a campanha "Yes Scotland", que defende a independência da Escócia

  • Reprodução/TV Record

    Presidencial

    Em 1983, o baiano Antonio Domingos ganhou na Loto o equivalente a R$ 30 milhões. Assim que recebeu o dinheiro, pediu demissão do emprego de zelador e foi morar na suíte presidencial de um hotel em Salvador. Cinco anos depois, já estava falido, e o jeito foi trabalhar como ajudante geral em um restaurante, ganhando salário mínimo. Antonio voltou a morar com a mãe

  • Reprodução/The Sun

    Lixeiro

    O lixeiro britânico Michael Carroll ganhou R$ 40 milhões em 2002. Com apenas 19 anos à época, Carroll já tinha vários problemas com a polícia, e continuou aprotando depois de rico - sua ficha tem 42 ocorrências. Sua fortuna foi gasta principalmente com cocaína. Oito anos depois de ganhar o prêmio, Michael Carroll tentava conseguir seu emprego como lixeiro de volta para poder sustentar as duas filhas

  • Reprodução/Overmundo

    Albergue

    Nivaldo dos Santos foi um dos primeiros milionários da Loteria Esportiva, em 1972. O prêmio, na época, daria para comprar dezenas de apartamentos, mas ele preferiu torrar com mulheres e bebida. Uma de suas extravagâncias era fretar um avião e levar os amigos para assistir aos jogos do Bahia pelo Brasil. Depois que o dinheiro acabou, Nivaldo teve de morar em albergues, sobrevivendo graças a uma pensão por doença

  • Reprodução/Syracuse

    Espertinho

    Em 2012, Andy Ashkar se apresentou para receber um prêmio de R$ 16 milhões com uma raspadinha que teria sido comprada na loja da família. Porém, numa auditoria de rotina, a empresa organizadora da loteria descobriu que o bilhete havia sido vendido para um cliente da loja, Robert Miles, e não para o filho do dono

  • Reprodução/Dailymail

    Distraído

    Cedric Jackson comprou um bilhete e pediu para que o atendente jogasse no lixo seus jogos velhos. Em casa, viu que os números tinham sido sorteados, mas não achou o bilhete. Ele correu para a loja, mas a lixeira já havia sido esvaziada. Mais tarde, recebeu um telefonema do funcionário da loja, que havia encontrado o bilhete premiado em outro saco. Depois do sufoco, Cedric recebeu seus R$ 35 mil e deu uma recompensa para o balconista

  • Reprodução/Lottosonline

    Aplicativo

    Edwina e David Nylan, do Reino Unido, fizeram uma aposta por um aplicativo de celular, e seus seis números foram sorteados. Porém, a empresa organizadora não tinha registro da aposta - a conexão falhou na hora da transmissão, e o casal ficou sem os R$ 150 milhões do prêmio

  • Reprodução/essexlive

    Sonho

    Em 2014, Terry Vigus sonhou que ganhava na loteria. No sonho, ele via as bolinhas serem sorteadas e conferia os números de sua aposta - acertou os cinco primeiros e, na hora de sair a sexta bolinha, acordou. Mesmo assim, Vigus jogou os números sonhados e, três semanas depois, faturou R$ 5 milhões na loteria britânica

  • Reprodução/Nationalpost

    Crime

    A canadense Ibi Roncaioli ganhou R$ 16 milhões na loteria, mas não contou para o marido, e deu R$ 6 milhões para um filho do primeiro casamento. Quando descobriu, o marido matou a mulher com veneno e foi condenado à prisão

  • Reprodução/lottoexposed

    Arroz

    Nguyen Van Het, um camponês vietnamita de 97 anos, ganhou R$ 1 milhão numa aposta em 2010, mas não sabia como gastar o dinheiro e distribuiu quase tudo para os vizinhos. Com o que sobrou, comprou arroz para a comunidade

Mais Listas