Topo

Dan Stulbach lamenta morte de Rabino Sobel: "Meu amigo, descanse em paz"

do UOL

Colaboração para o UOL

22/11/2019 13h23

Nesta sexta-feira, morreu o rabino Henry Sobel, aos 75 anos, em Miami, por complicações associadas de um câncer de pulmão. Sobel nasceu em Lisboa, foi criado nos Estados Unidos e radicado no Brasil nos anos 70, e se destacou em defesa dos direitos humanos durante a ditadura militar.

Ele foi uma figura importante no país e na vida do ator Dan Stulbach, que vem de uma família de imigrantes judeus poloneses. Sobel pode ter nascido em Portugal, mas seus pais foram ao país para fugir do nazismo durante a 2.ª Guerra Mundial, sua mãe era belga e o pai polonês.

No Instagram, o ator publicou uma sensível mensagem, lamentando a morte do rabino, que era seu amigo:

"Rabino Sobel faleceu hoje. Tantas coisas fizemos juntos. Tanta coisa ele fez. Uma trajetória incomparável, um lugar de diálogo e representatividade tão importante e único. Por que ele era único. Eu o imitava, todos o imitavam, e ele me dizia "a cópia é melhor que o original", e ríamos, com seu sotaque. "tem razão, você me imita muito bem", eu respondia, com o mesmo sotaque. Era meu personagem preferido, e mais, eu o admirava. Se relacionou com presidentes de todos os lugares e partidos, enfrentou a ditadura, sabia o nome de todos que o procuravam para um conselho e recebiam um forte abraço, foi humano e nunca perfeito. Um representante do diálogo, defensor da liberdade, um homem de grande inteligência e generosidade, judeu do seu tempo. Henry, meu amigo, sem mais palavras, eu choro aqui, descanse em paz. (Nesta foto ele usa uma kipá vermelha. Ele me deu essa kipá, para quando eu o imitasse. Vai ser um sucesso, ele disse. E foi)".

Entretenimento