PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Estátua de Diana pode 'quebrar o gelo' entre Harry e William, diz biógrafo

18/06/2021 12h57

Londres, 18 Jun 2021 (AFP) - A inauguração de uma estátua de sua mãe Diana mês que vem em Londres será a ocasião para os príncipes William e Harry "quebrarem o gelo" e se reconciliarem - afirmou o biógrafo da realeza Omid Scobie nesta sexta-feira (18).

"Talvez seja a oportunidade para quebrar o gelo", declarou o jornalista, autor do livro best-seller "Finding Freedom" ("Encontrando a liberdade", em tradução livre) sobre o príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, à Associação de Imprensa Estrangeira em Londres.

Segundo ele, "já vimos um pouco [essa aproximação] após os funerais" do príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, em abril.

Para esta cerimônia, Harry viajou da Califórnia, onde vive com sua mulher e seus dois filhos, para o Reino Unido.

A visita, sem Meghan, deu-se em um contexto tenso, semanas depois de uma entrevista explosiva do casal à apresentadora americana Oprah Winfrey. Nela, Harry e Meghan denunciaram o racismo e a falta de apoio por parte da família real.

Embora William e Harry tenham voltado a se falar após o funeral do avô, para Omid Scobie, ainda há "muitos temas de discussão".

O jornalista acredita que a inauguração da estátua "mostrará que os dois são capazes de serem cordiais e respeitosos quando se trata de relembrar a vida de sua mãe, apesar de suas diferenças".

"Sempre será o que têm em comum, essa paixão compartilhada por manter vivo o legado", acrescentou.

Os dois irmãos escolheram juntos o artista Ian Rank-Broadley para fazer a escultura, que homenageia sua mãe. Lady Di faleceu em um acidente de carro, em 1997, em Paris, quando era perseguida por paparazzi.

A obra será instalada nos jardins do Palácio de Kensington, onde vivem William, Katie e seus três filhos, em 1º de julho, data em que a princesa Diana completaria 60 anos.

am-pau/gmo/slb/es/jvb/tt

Notícias