PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Natal suspende segunda dose da CoronaVac por falta de vacinas

Imunizantes desenvolvidos pelo Instituto Butantan chegaram ao município há três dias e esgotaram - ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO CONTEÚDO
Imunizantes desenvolvidos pelo Instituto Butantan chegaram ao município há três dias e esgotaram Imagem: ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO CONTEÚDO
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 13h23Atualizada em 19/04/2021 13h26

A vacinação da segunda dose da CoronaVac foi suspensa hoje em Natal, no Rio Grande do Norte, por falta de novas doses, três dias após o recebimento de um novo lote.

De acordo com informações divulgadas pela SMS-RN (Secretaria Municipal de Saúde), todas as doses repassadas ao município foram aplicadas.

Um ofício foi enviado pela SMS para a Sesap/RN (Secretaria Estadual de Saúde) com a solicitação de um novo repasse dos imunizantes.

"Assim que for atendida essa solicitação, será feito o repasse de novas doses, a vacinação para a segunda dose será retomada imediatamente", disse a secretaria em informações divulgadas no site da Prefeitura do Natal.

Na última sexta-feira (16), a Secretaria Municipal recebeu 10.560 doses da CoronaVac que seriam utilizadas como segunda dose. Mais de 9 mil doses do imunizante foram aplicadas ao longo do final de semana. No início de hoje, o município tinha apenas 920 doses, que esgotaram.

A vacinação de primeira dose para idosos a partir de 63 anos está disponível e segue sendo feita normalmente, com imunizante da Oxford/Fiocruz. Bem como a aplicação da segunda dose desse imunizante.

Mais de 26 milhões vacinados no Brasil

O Brasil superou os 26,1 milhões de vacinados contra a covid-19 ontem. Até então, 26.180.254 pessoas receberam ao menos uma dose de imunizante contra a doença, o correspondente a 12,36% da população do país.

Os dados foram levantados pelo consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte e que utiliza como base as informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Em 24 horas, 155.701 brasileiros receberam a primeira dose de imunizante. Já a segunda dose foi aplicada em outros 114.491 no mesmo período.

Notícias