PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Rei da Jordânia e o príncipe Hamza fazem primeira aparição conjunta após a crise

O rei da Jordânia, Abdallah 2º (à direita), aparece pela primeira vez com o príncipe Hamza (ao centro) após crise - AFP
O rei da Jordânia, Abdallah 2º (à direita), aparece pela primeira vez com o príncipe Hamza (ao centro) após crise Imagem: AFP

Em Amã (Jordânia)

11/04/2021 09h15

O rei Abdallah II da Jordânia e o príncipe Hamza realizaram neste domingo (11) sua primeira aparição conjunta após a tentativa de sedição que abalou o reino na semana passada, segundo as imagens divulgadas pela televisão oficial.

O soberano hachemita, o príncipe herdeiro Husein, o príncipe Hamza, acusado de estar envolvido em um "complô", e o restante dos membros da família real oraram juntos no mausoléu onde estão enterrados os três reis que governaram o país durante o último século.

A Jordânia celebrou neste domingo seu centenário em um momento em que o país vive uma das piores crises de sua história devido às tensões na família real.

Uma semana antes, o príncipe Hamza, bisneto do fundador da monarquia hachemita jordana, foi colocado sob prisão domiciliar, acusado de estar envolvido em um "complô" contra seu país, acusação que ele nega.

Cerca de vinte pessoas foram detidas e, sob pressão familiar, o príncipe prometeu "permanecer leal" ao rei Abdallah II - seu meio-irmão -, que em 2004 lhe tirou o título de príncipe herdeiro em favor de seu filho mais velho.

Notícias