PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Quais são as previsões mais malucas para 2021? Será pior que 2020?

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

do UOL

04/12/2020 04h00

2020 não foi fácil para ninguém e a expectativa está grande para o ano que vem. Duvida? No vídeo acima, fizemos uma seleção de previsões ainda mais malucas para 2021 passando pela economia, astrologia e até numerologia. Confira!

Astrologia diz: 2021 não será calmo

Segundo a astrologia, 2021 será um ano no qual haverá a conjunção de Júpiter e Saturno, algo que acontece apenas a cada 20 anos.

A última vez que houve algo assim foi nos anos 2000, quando tivemos a virada do milênio e o estouro da bolha da internet. Você se lembra?

Além de outras previsões, astrólogos dizem que 2021 será um ano marcado por instabilidade econômica, podendo levar ao fim breve de alguns negócios e profissões.

Numerologia lembra que 2021 será um ano 5

Astrólogos lembram que a soma dos algarismos de 2021 leva a 5, que indica tendência de incerteza e certa instabilidade.

Além disso, a procrastinação será presente e teremos que fazer esforço extra para agir diante das adversidades.

O que dizem os economistas?

Acredite em numerologia e outras previsões místicas ou não, mostramos no vídeo acima as projeções dos mais respeitados economistas apontando que a economia deve melhorar muito devagar e as novas contratações das empresas costumam ser as últimas coisas a acontecerem em uma recuperação econômica. Afinal, empresários esperam ver sinais firmes e boas perspectivas para voltarem a contratar.

Além disso, não temos mais previsão do Auxílio Emergencial em 2021.

Por esses motivos, se preparar com uma reserva de emergência é primordial!

A reserva de emergência é aquele colchão de segurança financeira que te protege por um período entre seis meses e um ano de gastos médios, que a gente usa na hora que quebra a tela de um celular, ou qualquer outra eventualidade, sem ter que se endividar.

Além da reserva de emergência, outra providência financeira que tem ganhado destaque (ainda mais se essas previsões estiverem certas) é o seguro de vida como parte da estratégia de colchão de segurança, que pode ser acionado ainda em vida em casos como perda involuntária de emprego ou outras situações que comprometam sua renda.

Como se planejar e fazer o dinheiro trabalhar a seu favor em 2021?

Diante de um cenário tão desafiador para 2021, vale a pena economizar cada real que for possível, ao passo que constrói colchões de segurança financeira inteligentes para estar mais protegido em 2021.

Por isso, separamos algumas dicas de como se planejar e usar seu dinheiro de modo otimizado em 2021:

  • Quer encontrar os títulos de renda fixa com os melhores retornos? O App Renda Fixa é um aplicativo que mostra todas as opções de investimentos, disponíveis em todas as corretoras, depois que você informar quanto quer investir e por quanto tempo;
  • Para o seguro de vida, é importante conversar com um corretor para ele entender o que você deseja proteger e lhe ajudar com simulações. Um exemplo de seguradora é a MetLife;
  • Há investimentos de renda fixa alternativos, tais como os CCBs da MatchMoney, com selo de segurança da ABFintechs e rendimentos que chegar a ser seis vezes maiores que o Tesouro Selic;
  • A corretora Toro dispõe de uma maneira de investir em ações sem precisar do home broker, que muitas vezes é um "complicômetro" para quem ainda não está habituado com a Bolsa, além de não cobrar taxa de corretagem na compra e venda de ações.

Como você acha que será 2021? Conte nos comentários ou fale com a gente pelo nosso canal do YouTube e Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Notícias